Amazonas Cidades

Cresce o número de apreensões de armas fogo no primeiro trimestre, em Manaus

Coronel Rubens Sá, sub-comandante da PMAM/Foto: Lindemberg Cavalcante
Coronel Rubens Sá, sub-comandante da PMAM/Foto: Lindemberg Cavalcante
Redação
Escrito por Redação

Dados divulgados hoje, segunda-feira (18), pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), apontam o aumento de 37% do número de apreensões de armas no primeiro trimestre de 2016, se comparado ao mesmo período do ano passado. De janeiro a março deste ano, 182 armas foram apreendidas, contra 133 em 2015, enquanro que nos primeiros onze dias do mês de abril, já foram registradas 32 apreensões.
Segundo o subcomandante-geral da Polícia Militar do Amazonas, coronel Rubens de Sá, a maioria dos armamentos apreendidos vem de operações de rotina ou pontuais realizadas por meio do patrulhamento ostensivo. “A Polícia Militar fez um estudo onde constatamos as manchas criminais, locais que vem sendo alvos de delitos na cidade. Nessas áreas, estamos realizando barreiras fixas e móveis. Um dos resultados desse trabalho está sendo a retirada de circulação de armas que são usadas, na maioria das vezes, para praticar assaltos”, explica.

Ainda segundo dados da SSP-AM, nos três primeiros meses de 2016, foram tiradas das ruas 122 revólveres, 25 pistolas e 12 espingardas. Rubens de Sá informa ainda que, a participação da população por meio de denúncias via 190, 181 (Disque-Denúncia da SSP-AM) e para os contatos dos Supervisores de Áreas (SAs) das Companhias Interativas de Polícia (CICOMs) reflete no bom desempenho das ações. “As denúncias, geralmente, indicam para as equipes policiais o trajeto que os meliantes, que portam esse armamento, estão. Isso nos auxilia numa pronta-resposta e até mesmo em planejamos para ações pontuais nas áreas”, concluiu.

De acordo com o secretário de Segurança Pública do Amazonas, Sérgio Fontes, a apreensão de armas é fundamental para redução de crimes, já que na maioria dos assaltos, os criminosos utilizam revólveres para praticar os crimes mais violentos. As armas também são usadas para “proteção” das bocas de fumo. “Com esse recorde de apreensões estamos com certeza tirando o poder de fogo dos criminosos”, disse o secretário de Segurança.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.