Amapá Amazônia

Crime ambiental gera multa de R$ 6 milhões à mineradora no Amapá

mineradora
Redação
Escrito por Redação

O Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Estado do Amapá (Imap) aplicou na terça-feira, 18, multa no valor de R$ 6 milhões à mineradora Zamin Amapá, após constatação de crime ambiental no porto privado da empresa, localizado na área portuária do município de Santana.A multa foi motivada pelo desmoronamento de parte do porto, no último domingo, 16. A empresa citada desembarcava e armazenava minério de ferro sem autorização dos órgãos ambientais. A estocagem inadequada motivou o deslizamento de terra, atingindo a estrutura que abrigava o produto.

 

O diretor de Meio Ambiente do Imap, Alessandro Tavares, informou que a gravidade do impacto impossibilitou os técnicos de obter a quantidade exata de minério despejado no Rio Matapi.

“Não temos como mensurar a quantidade de minério, mas foi constatada a alteração da qualidade da água superficial, o que caracterizou imediatamente o crime ambiental, agravado pela ausência das licenças de desembarque e armazenamento de minério”.

A mineradora tem até o dia 27 de agosto para apresentar a defesa do auto de infração. Após o prazo, haverá a análise da defesa.

(Diário do Amapá)

 

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.