Cultura Destaques

David Assayag levanta a galera da Imperatriz interpretando o samba campeão 2017

David canta samba de enredo da Imperatriz Leopoldinense 2017/Foto: Pitter Freitas
David canta samba de enredo da Imperatriz Leopoldinense 2017/Foto: Pitter Freitas
Redação
Escrito por Redação

Mais uma vez o talento do levantador de toadas do Boi-Bumbá Caprichoso, David Assayag, será destaque no carnaval do Rio de Janeiro, sendo visto no maior carnaval do mundo, em 2017. Ele interpretou o samba enredo “Xingu, O Clamor que Vem da Floresta”, do Grêmio Recreativo Escola de Samba (G.R.E.S) Imperatriz Leopoldinense. O samba campeão, gravado e interpretado na voz marcante do trovador do Festival Folclórico de Parintins, levantou a quadra verde e branco, na noite de ontem, segunda-feira (17).
De autoria dos compositores Moisés Santiago, Adriano Ganso, Jorge do Finge e Aldir Sena, o samba conquistou notas máximas dos jurados. “Minha alegria em poder compartilhar com vocês mais esse grande momento em minha vida. Agradeço a Deus, primeiramente, a toda energia positiva de todos vocês, meus amigos, fãs e simpatizantes. Meu muito obrigado ao carnavalesco Cahê Rodrigues pelo convite, aos compositores pela oportunidade de gravar essa linda obra e aos familiares por sempre estarem comigo em todos os momentos. Obrigado a cada um de vocês”, disse David Assayag.

David canta samba de enredo da Imperatriz Leopoldinense 2017/Foto: Pitter Freitas

David canta samba de enredo da Imperatriz Leopoldinense 2017/Foto: Pitter Freitas

O levantador de toadas do Boi-Bumbá Caprichoso foi convidado pelo carnavalesco da Escola de Samba, Cahê Rodrigues, a participar do desfile da verde e branco no Sambódromo da Marquês de Sapucaí em 2017. David Assayag já havia sido homenageado no carnaval carioca no ano de 2012 pelo Grêmio Recreativo Escola de Samba (G.R.E.S) Acadêmicos do Grande Rio, com o enredo de superação “Eu Acredito em Você! E Você? ”. Nesse ano, Grande Rio apresentou exemplos de superação como o caso de David Assayag, que deu a volta por cima na deficiência por meio da música.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.