Amazonas Cidades

DEHS elucida crime ocorrido no fim de semana mais violento do ano, em Manaus

Maike Cavalcante, vulgo André/Foto: Ney Mendes
Redação
Escrito por Redação

Foi apresentado à imprensa, na tarde de hoje (24), Maike David Reis Cavalcante, de 22 anos, conhecido como “André”, em coletiva de imprensa do delegado Ivo Martins, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).
Maike estava sendo investigado por envolvimento no homicídio de Erivelton Santos da Costa, de 20 anos, um dos crimes ocorridos durante o fim de semana mais violento, deste ano, em que 34 pessoas foram mortas, em diferentes locais, e circunstâncias na capital.

O homem foi preso na Rua Salvador, situada no Loteamento Rio Piorini, bairro Colônia Terra Nova, zona Norte. De acordo com Martins, no dia 20 de julho, Maike teria ido à residência da vítima, localizada na Rua Itaúba, bairro Jorge Teixeira, zona Leste, por volta das 7h. Ele estaria acompanhado de outras três pessoas em um veículo modelo Pálio, de cor preta. Ao descerem do carro, eles alvejaram Erivelton, com 11 disparos de arma de fogo.

“No dia crime, Erivelton estava varrendo o pátio da casa dele, quando foi abordado pelos homens. Após o homicídio, eles retornaram para o automóvel e fugiram do local. O motivo seria porque a vítima já teria apontado uma arma de fogo para Maike, em outra ocasião, por causa de uma suposta dívida relacionada ao tráfico de drogas”, relatou o delegado.

A prisão foi efetuada pela equipe de investigação, após denúncias anônimas que forneceram o paradeiro de Maike. Os policiais localizaram o veículo utilizado no dia do crime e fizeram campana para conseguir chegar ao possível autor.

“Os policiais ficaram aguardando o momento em que Maike retornasse para o automóvel. Quando ele chegou próximo ao carro, recebeu voz de prisão por causa do mandado judicial contra ele. O documento foi expedido no dia 27 de agosto deste ano, pelo juiz Mauro Moraes Antony, da 3ª Vara do Tribunal do Júri”, informou a autoridade policial.

Maike foi conduzido à especializada, onde prestou depoimento sobre o caso. Ele foi indiciado por homicídio qualificado. Ao término dos procedimentos cabíveis, o homem será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá ficar à disposição da Justiça.

Os outros envolvidos já foram identificados e estão com mandado de prisão decretado.

Sequência de homicídios

Durante a coletiva, Ivo Martins destacou que este é mais um caso de grande repercussão solucionado pela especializada. O crime reforçou as estatísticas dos homicídios ocorridos no fim de semana atípico e violento, que aconteceu entre os dias 17 e 20 de julho, deste ano. Na ocasião, 34 pessoas foram mortas em diferentes locais e circunstâncias na capital.

“Estamos trabalhando em conjunto com outras delegacias e com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) para dar, o quanto antes, uma resposta para a sociedade. Alguns crimes já foram solucionados e outros estão em fase avançada de investigação”, finalizou o delegado.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.