Amazonas Cidades

Denunciado por violência doméstica, industriário volta ao Compaj

Reincidente, Eden Soares volta ao Compaj/Foto: PC-Am
Reincidente, Eden Soares volta ao Compaj/Foto: PC-Am
Redação
Escrito por Redação

A equipe de investigação da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher, prendeu ontem (30), o industriário Eden Soares Dude, de 30 anos, na empresa onde ele trabalhava, localizada na Avenida Torquato Tapajós, bairro Colônia Terra Nova, na zona Norte da cidade. Ele estava sendo procurado após ser denunciado, pela ex-companheira, por ameaça e vias de fato.
De acordo com a delegada titular da especializada, Débora Mafra, no dia 15 de abril deste ano a vítima, uma doméstica de 30 anos, compareceu na unidade policial para registrar um Boletim de Ocorrência (BO). Na ocasião informou que naquele mesmo dia o homem havia entrado na residência dela, situada no bairro São José, zona Leste, e a agredido verbalmente e fisicamente.

“Segundo a vítima as agressões ocorreram porque Eden não aceitava o término do relacionamento deles, que teve duração de oito anos. Eles tiveram um filho, que hoje tem sete anos. O ex-casal estava separado há aproximadamente um ano e desde então ele começou a fazer ameaças à mulher. Primeiramente por telefone e depois partiu para a violência física”, relatou a autoridade policial.

Durante as investigações os policiais consultaram o sistema de dados da Polícia Civil e constataram que Eden tinha um mandado de prisão em aberto em nome dele. Ele havia sido preso em flagrante em novembro de 2008 por furtar dois adolescentes na Avenida Darcy Vargas, zona Centro-Sul. Após ser julgado e considerado culpado, ele foi conduzido ao Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), onde cumpria pena no sistema semiaberto.

“Em 2010 Eden recebeu alvará de soltura, que consiste no direito de responder em liberdade pelo crime. Porém ele deveria comparecer ao fórum mensalmente para assinar alguns documentos e não cumpriu o acordo. Por conta disso o juiz Luís Carlos Honório de Valois Coelho, da Vara de Execuções Penais, expediu o mandado de prisão em nome de Eden no dia 4 de outubro de 2011”, informou Débora Mafra.

Na delegacia Eden foi indiciado por ameaça e vias de fato no âmbito da violência doméstica e familiar contra a mulher. Após a realização dos procedimentos legais, ele será reconduzido ao Compaj, onde terminará de cumprir pena pelo furto cometido em 2008. Em relação aos novos indiciamentos, Eden deverá aguardar decisão da Justiça, conforme declarou a delegada Débora Mafra.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.