Amazonas Cidades

Deputada pede informações sobre custo da biometria facial

O atual sistema está sendo substituído pela biometria facial...
Redação
Escrito por Redação

A deputada estadual Alessandra Campêlo (PCdoB) disse que enviou ofício à Prefeitura de Manaus solicitando informações sobre o sistema de biometria facial implantado esta semana no transporte coletivo da capital amazonense.

Alessandra quer saber se procede a informação que o custo de implantação do novo sistema seria mesmo no valor de R$ 50 milhões. Interessa também a parlamentar saber quem pagou ou quem vai pagar essa conta.

“Quero saber se as empresas fizeram investimento e se isso vai ser repassado à tarifa ou se já está embutido na tarifa ou se a Prefeitura de Manaus colocou dinheiro público nisso”, questiona, acrescentando que a ação da Prefeitura é totalmente ilegal e pode acarretar em ação de improbidade administrativa.

O novo sistema

Segundo a Superintendência Municipal de Transporte Urbano (SMTU), a fiscalização por biometria facial acontece no momento em que o passageiro passa a carteirinha no leitor do ônibus.

A medida é adotada por causa da necessidade de disciplinar e fiscalizar o uso diário do cartão Passa Fácil, porque a atual avaliação da Prefeitura de Manaus é muito suscetível a fraudes.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.