Amazonas Política

Deputado faz balanço de atuação da Comissão de Políticas sobre Drogas

Deputado David Almeida, faz balanço de sua Comissão/Foto: Divulgação
Deputado David Almeida, faz balanço de sua Comissão/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação
Deputado David Almeida, faz balanço de sua Comissão/Foto: Divulgação

Deputado David Almeida, faz balanço de sua Comissão/Foto: Divulgação

A Comissão de Políticas Sobre Drogas (CPSD), presidida pelo deputado David Almeida, realizou durante o primeiro semestre de 2016, 45 ações envolvendo  atendimentos internos, externos, palestras, análise de proposituras, visitas técnicas etc.
Uma das propostas analisadas pela CPSD foi o projeto de lei n° 322/2013, de autoria do deputado estadual Wanderley Dallas (PMDB), cujo relator foi o deputado estadual Platiny Soares (DEM). “Esse projeto determina a abertura imediata de matrículas para alunos dos ensinos fundamental e médio que estejam em conclusão de tratamento da dependência química no Estado do Amazonas”, apontou o presidente da Comissão.

De acordo com David Almeida, a CPSD foi criada com a finalidade de repercutir o trabalho realizado no combate ao uso de drogas e no ideal de construção de uma sociedade protegida do uso de drogas ilícitas e, também, do uso indevido de drogas lícitas, constitucionalmente instituídas, além da correta distinção entre usuário, dependente e traficante.

Dentre as principais ações desenvolvidas pela CPSD, o deputado David Almeida destacou as visitas técnicas realizadas em centros de reabilitação em dependência química, onde constatou o benefício que eles trazem para as famílias e aos pacientes, oferecendo além do acompanhamento médico, todo o suporte terapêutico para auxiliar na recuperação de seu quadro de saúde.

Ele revelou que todo um aparato legal é disponibilizado aos pacientes para que possam ficar livres da dependência química e se sintam bem no local onde está sendo feito o tratamento. Um dos exemplos é o Centro de Reabilitação em Dependência Química, Ismael Abdel Aziz, visitado por ele e sua equipe algumas vezes, que oferece acompanhamento médico, além de todo o suporte terapêutico para auxiliar na recuperação do quadro de saúde em que o paciente se encontra, com academia, jogos, gincana, oficina de músicas, cursos de informática, artesanato, corte e costura panificação, piscicultura e jardinagem. “No local, foi implementado um programa de horticultura, sendo mais uma das atividades desenvolvidas para a recuperação e reabilitação do dependente químico”, disse o deputado.

Sandro Diz, coordenador da Comissão Anti-Drogas, completa que o foco dessa comissão é a prevenção e combate ao uso de álcool e drogas levando ocupação ao paciente em todo o Estado para o benefício social, psicológico, intelectual, emocional do cidadão amazonense e sua saúde.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.