Amazonas Ambiente Amazônico Colunas

Desmatamento na Amazônia continua em alta(Por George Dantas)

Ambientalista George Dantas(Am)
Ambientalista George Dantas(Am)
Redação
Escrito por Redação

Seguindo uma tendência que se manteve por todo o ano de 2014, o desmatamento na Amazônia continua em alta, segundo um relatório publicado em 28 de novembro desse ano pelo INPE_Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, que monitora o desmatamento na região através do DETER, que é o Sistema de Detecção do Desmatamento na Amazônia Legal em Tempo Real.
No último trimestre, que compreendeu os meses de agosto a outubro, os alertas de desmatamento, por corte raso juntamente com degradação florestal alcançaram 1.924 km².

Considerando os dados anteriormente publicados, dois municípios amazonenses continuam puxando os dados do desmatamento, em primeiro lugar está o município de Lábrea em segundo lugar vem Boca do Acre.

Comparando os números dos ultimos anos, vimos que em 2012 foram desmatados 4.571 quilômetros quadrados e em 2013 foram desmatados 5.891 quilômetros quadrados e para 2014 os números estimados estão na ordem de 7.000 quilômetros quadrados

Esses números deveriam ligar o alarme ambiental brasileiro, mas o governo federal ainda surfa na onda da redução verificada no comparativo dos últimos dez anos, mas é uma vitória que não se sustenta, e mostra a falência completa de todas as ações do poder público.

A política ambiental brasileira dá sinais de esgotamento, não existem ações concretas para o combate ao desmatamento que se traduzam em penas duras aos desmatadores e que traga de volta o protagonismo brasileiro na questão ambiental.(George Dantas – Ambientalista)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.