Amazonas Cidades

Detran-AM contabiliza redução nas infrações de trânsito no feriadão, em Manaus

Veículos apreendidos e removidos/Foto: Assessoria
Veículos apreendidos e removidos/Foto: Assessoria
Redação
Escrito por Redação

De acordo com balanço divulgado, hoje (28), pelo diretor presidente do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), Leonel Feitoza, Manaus teve um dos feriados de Páscoa mais tranquilo dos últimos anos, contabilizando um total de 106 motoristas autuados durante as fiscalizações da Lei Seca, realizadas entre a meia noite de quinta-feira (24), e a madrugada de segunda-feira (28). No ano passado, segundo dados do mesmo período, o órgão autuou 213 motoristas, sendo 78 deles por embriaguez ao volante, contra apenas 12, este ano.
Para Feitoza, apesar dos números apontarem uma redução pela metade no número de infrações e de 75% dos casos de embriaguez, a situação ainda é muito preocupante e requer que os órgãos de trânsito intensifiquem as ações de fiscalização e também de educação e conscientização de condutores e pedestres.

“Na Semana Santa, as pessoas ficam mais contidas, por conta de ser um feriado religioso, mesmo assim, os casos flagrados pelos agentes do Detran-AM chamaram atenção pelo grau de imprudência dos condutores, que, além de colocarem em risco a própria vida, ameaçam a vida dos próprios filhos, esposa e amigos”, pondera o dirigente do órgão, citando como exemplo o caso de um homem, flagrado no teste do bafômetro, que levava mulher e filhos no veiculo e que dirigia em alta velocidade pela avenida Torquato Tapajós, na madrugada do Sábado de Aleluia, dia 26.

As fiscalizações foram concentradas nas rodovias estaduais, AM-010 e AM-070 e também nas avenidas Torquato Tapajós, do Turismo, Grande Circular, Autaz Mirim Efigênio Salles e nas ruas centrais dos bairros de Petrópolis, Compensa e Vieiralves.

Sem habilitação – Além dos flagrantes de embriaguez ao volante, os agentes do Detran-AM flagraram motoristas dirigindo sem estar habilitados, conduzindo veículos com licenciamento em atraso, em  mau estado de conservação e também sem os equipamento de segurança obrigatórios. Por conta dessas irregularidades, 51 veículos foram apreendidos, sendo 19 carros e 32 motocicletas, além de 58 Certificados de Registro de Licenciamento de Veiculo (CRLV) e 23 Carteiras Nacional de Habilitação (CNH).

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.