Brasil Política

Dilma diz a senadores independentes que vai reduzir número de ministérios

Dilma diz que vai reduzir número de ministérios/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Em longa conversa com um grupo de senadores independentes, a presidente Dilma Rousseff disse que sua intenção é de reduzir o número de ministérios. Ela garantiu isso quando os senadores encaminharam essa proposta como forma de dar uma resposta a sociedade.
Durante duas horas, Dilma mais ouviu do que falou. Sorridente e bem disposta, a presidente surpreendeu os senadores. “Ela não estava com cara de crise”, comentou o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), que estava ao lado dos senadores Cristovam Buarque (PDT-DF), João Alberto Capiberibe (PSB-AP), Lídice da Mata (PSB-BA) e Lasier Martins (PDT-RS).

No encontro, os senadores independentes sugeriram que Dilma adotasse um governo de unidade nacional, como fez o ex-presidente Itamar Franco assim que assumiu o Planalto com o impeachment de Fernando Collor, em 1992.

“Falamos que Dilma tinha que deixar claro que esse não era um governo do PT, ou do PDT, ou do PMDB. E que ela tinha que falar que o partido do governo era o Brasil”, disse Randolfe. “Gostei dessa sugestão. Isso é importante”, respondeu Dilma segundo esse relato.

O grupo também sugeriu que Dilma adotasse um tom de humildade e reconhecesse os erros na política e na economia durante o primeiro mandato. E que ela fosse ao Congresso debater esse momento de crise. “Mas eu não quero tirar o protagonismo do Senado, que tem cumprido um papel fundamental nessa crise: o de poder moderador”, respondeu Dilma.

Nem todos os senadores do grupo dos independentes participaram do encontro. “Todos nós cobramos diálogo do governo. Por isso, no momento em que Dilma chama para uma conversa, acho importante participar”, disse Randolfe.(Blog do Camaroti)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.