Amazonas Formal & Informal

Sobra dinheiro e ostentação na campanha do prefeito de Codajás Abraham Lincoln

Cid Marcos Bastos (o Boto), brinca com o dinheiro do Povo.
Redação
Escrito por Redação

Está jorrando dinheiro na campanha do prefeito de Codajás Abraham Lincoln Dib Bastos (PSD), com vídeos, malas cheia de notas de R$ 100,00, e com notas R$ 50,00 servindo de colchão para os coordenadores da campanha. A denúncia aparece em vídeo e fotos coletados no celular do primo do prefeito, o sub secretário de Comunicação do município, Cid Marcos Bastos conhecido como “Boto”.

Em duas gravações, o Boto mostra uma pasta repleta de notas de R$ 100,00, R$ 50,00 e de R$ 20,00, que segundo palavras dele, estariam sendo levados para o município para “conversar baixinho”. Imagina-se que seja para compra de votos.

Além disso, estão distribuindo gasolina e gás de cozinha no posto Naverio. Com requisições em nome do Sr. Joaquim Santana, o próprio dono Posto, que segundo denúncias feitas por pessoas que receberam os produtos, estavam sendo distribuídos para garantir o voto para reeleição do prefeito.

Mateial coletado no perfil do Facebook do primo do prefeito Abraham Lincoln.

Material coletado no perfil do Facebook do primo do prefeito Abraham Lincoln.

Em um dos vídeos, Cid Marcos Bastos (o Boto), brinca com o dinheiro do Povo, ele também vende carros com preços abaixo do preço de mercado. Tipo uma picape Chevrolet 4×4, Diesel, aparentando ser nova, por R$ 25 mil, mais outros carros de marcas diferente, a preços inimagináveis, que variam de R$ 6 Mil a R$ 15 Mil, cada.

O Boto é quem comanda a campanha do prefeito Abraham Lincoln nos bairros e é quem nada em dinheiro, inclusive despejando dinheiro em cima de uma garota, que está deitada em uma cama, supostamente em um quarto de Motel.

Todo o material, sobre o qual estamos falando, foi coletado por uma equipe especial da Polícia Militar do Amazonas, que está no município, para formalizar a denúncia crime eleitoral e de caixa dois praticado na coordenação da campanha do prefeito Abraham Lincoln.

Vídeos que mostram a ostentação na campanha.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.