Amazonas Destaques Formal & Informal

Direção do PHS: é mais “inteligente” não participar do chapão do Arthur

Redação
Escrito por Redação

A direção do Partido Humanista da Solidariedade – PHS diz que não vai participar do “chapão” montado pelo prefeito Arthur Neto (PSDB), conforme foi noticiado aqui nesse site, porque acha mais inteligente e racional o partido sair só. “O único chapão que o PHS saí é o dele próprio”, antecipou o presidente estadual do PHS e da Câmara Municipal de Manaus, Wilker Barreto.

O PHS já está com quase 62 das vagas ocupadas por candidatos considerados fortes e não está disposto a abrir mão da condição de fazer de cinco a seis vereadores, para aventurar em um hipotético apoio à reeleição do prefeito. Na opinião de pré-candidatos, se a direção do partido optasse pela adesão ao “chapão do Arthur”, estaria jogando prováveis eleitos na vala comum dos perdedores.

Quando souberam do sério risco que estavam correndo, em apoiar o projeto pessoal do prefeito, muitos postulantes ao cargo de vereador, inscritos no partido e que hoje tem como certo a sua eleição para a Câmara Municipal de Manaus, correram atrás de explicações da direção do partido. A movimentação foi grande na sede do diretório, no Parque-10, ontem de manhã.

Para o secretário geral da legenda, Orleans Murilo, o PHS foi o primeiro partido a declarar apoio público à reeleição do prefeito Arthur Neto, mas tem como tem uma resolução da executiva nacional do PHS, que proíbe o partido de coligar, a possibilidade de adesão ao “chapão” é zero.

Orleans disse que o PHS tem uma chapa forte com mais de 40 nomes, com chance real de eleger de cinco a seis vereadores para a CMM. “O apoio ao prefeito é incondicional, irrestrito e absoluto, mas com a chapa proporcional o PHS quer caminhar só, por entender que é a estratégia mais inteligente”, justificou. O contrário, seria como jogar todo o trabalho desenvolvido pelo partido na lata de lixo, sumariamente.

“Estamos pensando de forma racional”, diz o secretário geral do PHS. De acordo com ele, se o partido aderisse ao “chapão do Arthur”, 99% dos proporcionais inscritos deixariam de ser candidatos. O PHS tem hoje, o Vereador Wilker Barreto, Professor Samuel, professora Jacqueline … e tem os ex-vereadores Dr. Vitor, Eloi Abreu, Dr. Denis, Jefferson Anjos, Air José, Cida Gurgel, Helinho, Carlos Felix, Márcio Fleury, Pai Amado, Socorro Lopes… e muitos outros nomes fortes, com uma boa base eleitoral.

O PHS vai perder o vereador advogado Joelson Sales Silva (PHS), que só está esperando a abertura da janela  partidária para migrar para outro partido, mas tem um expressivo patrimônio formado por seis ex-vereadores e mais 35 nomes com possibilidade real de ocupar uma das cinco ou seis vagas que a legenda pretende fazer nas próximas eleições.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.