Amazonas Cidades

Donos de lanchas de Iranduba podem criar Cooperativa de Micro Ônibus

Porto das lanchas do Cacau Pireira, Manaus-AM
Porto das lanchas do Cacau Pireira, Manaus-AM
Redação
Escrito por Redação

Incentivados pelo assessor parlamentar Paulo Onofre, os “lancheiros” da vila do Cacau Pireira manifestaram o desejo de abandonarem parte dos serviços de transportes de passageiros na travessia do Rio Negro, para investirem em uma cooperativa de transportes terrestres, feitas com Micro Ônibus, entre Manaus e Iranduba, já nos próximos meses.

A conversa se deu durante a cerimonial de posse dos secretários da prefeitura de Iranduba, dia (02). Paulo foi interpelado por um proprietário de uma lancha que faz o transporte de passageiros entre o Cacau Pirêra a Manaus, ele disse que se a prefeita aceitar a sugestão de os ônibus de Iranduba passarem a fazer o trajeto até o centro de Manaus, eles estarão dispostos a criar a cooperativa. Paulo disse que é uma boa iniciativa e deve melhorar os transportes de passageiros daquela cidade, que hoje é bem precário.

“Minha mãe diz sempre, que quando Deus fecha uma janela ao mesmo tempo ele abre uma porta”, exemplificou Paulo. O sistema de transportes de passageiros por lanchas está se precarizando à medida que melhora os serviços de transportes por terra, ponte. As lanchas, antes da ponte sobre o Rio Negro era uma atividade promissora, agora tende a se extinguir.

Porto das lanchas do Cacau Pireira, Manaus-AM

Foto tirada dia 05, no reinício das atividades dos “lancheiros”, do porto do Cacau Pireira

A cooperativa viria criar uma novo alternativa de trabalho, outra oportunidade manterem os ganhos de todos que trabalham nesta atividade. Paulo é propenso candidato a prefeito do município de Iranduba, na próximas eleições municipais,

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.