Amazonas Esportes

Duelo de presidentes também no clássico Grêmio e Vasco hoje, na Arena

Romildo e Eurico frente à frente, após a briga por Doriva/Foto: GE
Romildo e Eurico frente à frente, após a briga por Doriva/Foto: GE
Redação
Escrito por Redação

Grêmio e Vasco duelam na noite de hoje, sábado, às 18h30 ( de Brasília), na Arena, mas não será a primeira vez que os dois clubes se envolveram em uma disputa em 2015. Protagonizaram uma “batalha” entre os presidentes Romildo Bolzan Júnior e Eurico Miranda, quando o Tricolor tentou a contratação de Doriva, agora já passado para as duas equipes. Alheias à recente troca de farpas fora dos gramados, as equipes vivem situações distintas para o embate válido pela 13ª rodada.
O encontro entre os presidentes, porém, não irá ocorrer. Eurico, que criticou a postura de Romildo publicamente, após a tentativa gremista de contratar o então treinador vascaíno, não viajará a Porto Alegre – aos 71 anos, o dirigente não tem ido mais a jogos do time fora do Rio.

Em entrevista coletiva em maio, o mandatário cruz-maltino disse que o clube gaúcho fora desrespeitoso e não deveria ter entrado em contato com o treinador de maneira direta. Os dois quase se encontraram num evento de direito desportivo em Porto Alegre, mas Eurico acabou cancelando a participação. Romildo inclusive iria desistir de comparecer caso o vascaíno aparecesse.

Em campo, o Grêmio chega para a partida depois de uma derrota fora de casa, tratada como um tropeço pelo técnico Roger, que viu um bom jogo do seu time. Por isso, o clima ainda é de otimismo, apoiado nas cinco vitórias consecutivas conquistadas anteriormente. Nas últimas rodadas, o clube superou a projeção de pontos feita pelo comandante, no sistema de pequenos blocos dentro do Campeonato Brasileiro – é terceiro, com 23 pontos. Roger, por sinal, irá rever Celso Roth, com o qual trabalhou no clube tanto como auxiliar quanto como jogador.

Eurico Miranda garante que o Vasco não cai, Celso Roth admite que o momento é de luta contra o rebaixamento e os jogadores reconhecem a crise. Entre as diferentes interpretações, o fato: o Cruz-Maltino está há nove rodadas no Z-4, perdeu sete de 12 partidas, tem o pior ataque (cinco gols) e a segunda defesa mais vazada (17 bolas na rede). Depois de um começo promissor, com duas vitórias, o “efeito Roth” parou de surtir resultado. São duas derrotas, uma delas goleada para o São Paulo. Por tudo isso, não há outro pensamento em São Januário que não seja ganhar em Porto Alegre.

O trio que comanda a partida será paulista, com o árbitro Luiz Flavio de Oliveira (Fifa) e os auxiliares Emerson Augusto de Carvalho (Fifa) e Daniel Paulo Ziolli (aspirante a Fifa).

As escalações

Grêmio: o técnico Roger manterá praticamente toda a equipe que perdeu para a Chapecoense na última rodada. A única alteração é a entrada de Walace no meio-campo, na vaga de Edinho. Erazo permanece na defesa. O provável time tem: Marcelo Grohe; Galhardo, Pedro Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Giuliano e Pedro Rocha; Douglas e Luan.

Vasco: depois da goleada sofrida contra o São Paulo, a qual lançou dúvidas sobre o esquema com três volantes, Celso Roth teve dois dias para preparar o time: um treino físico, outro tático, ambos com portões fechados. A novidade será o reforço de Dagoberto, ausente desde junho. A dúvida é quem sai: ou um dos volantes, no caso Lucas, ou Riascos, o mais provável. O time: Charles; Madson, Rodrigo, Anderson Salles e Julio Cesar; Guiñazu, Serginho, Lucas e Andrezinho; Dagoberto (Riascos) e Gilberto. Christianno volta de suspensão, mas será opção.

Outros jogos:

Além do clássico de Porto Alegre, outras duas partidas serão disputadas hoje:

Às 17h30 – Santos x Figueirense, na Vila Belmiro, e Ponte Preta x Atlético Mineiro, em Campinas.

Amanhã, às 10h00, jogam São Paulo e Coritiba,  no Morumbi.

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.