Cidades

Durante perseguição policial, viatura bate em carro e bandidos colidem com poste no São Jorge

perseguiao-foto
Redação
Escrito por Redação

Durante uma perseguição policial na noite desta quinta-feira (11), quatro bandidos trocaram tiros com policiais militares da 21ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e acabaram colidindo o carro em que estavam, um Gol, cor branca, placas JWU-7086, com um poste de iluminação pública na avenida São Jorge, bairro de mesmo nome, na Zona Oeste de Manaus.
O fato aconteceu por volta de 22h, no sentido bairro-centro, quando os bandidos jogaram o veículo em que estavam contra a viatura, que, por sua vez, acabou colidindo na traseira de um Siena, cor prata, placas OAO-4641, conduzido pela estudante Joyce Lísia da Silva Costa, 35.

Na ocasião, os bandidos perderam a direção do Gol e o carro acabou subindo o meio-fio, invadindo a calçada e batendo contra o poste. A prisão dos criminosos foi feita em frete ao 1º Batalhão de Infantaria de Selva (1º BIS) do Exército Brasileiro.

De acordo com o tenente da 21ª Cicom, Jefferson Martins, a guarnição da VTR-6301 realizava ronda ostensiva na avenida Jacira Reis, mesma zona, quando foi informada pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) que um veículo modelo Gol, com quatro ocupantes, estava praticando assaltos na Zona Oeste da cidade.

perseguicao-1

“Após recebermos as informações das características do veículo e dos ocupantes, iniciamos as buscas pelos supostos criminosos nas mediações, quando avistamos o carro na avenida com os quatro homens em atitude suspeita”, informou o tenente Jefferson à reportagem do EM TEMPO Online.

Ainda de acordo com o tenente, a guarnição se aproximou do veículo no semáforo, mas os ocupantes ficaram nervosos com a presença dos policiais e não atenderam ao pedido para que parasse, iniciando um tiroteio contra a guarnição.

perseguicao-2

“Quando percebemos algo de errado com os ocupantes pedimos que o veículo fosse parado, porém eles atiraram contra a nossa viatura e em seguida iniciamos a perseguição na via, até os criminosos perderem o controle do carro”, disse o tenente.

Um mototaxista, que preferiu não se identificar, vinha logo atrás e confirmou que os bandidos atiraram contra a viatura e os policiais militares revidaram a ação dos criminosos. “Nunca tinha visto uma cena dessas. Cheguei a ficar com medo de ser atingido por uma bala perdida, mas ação dos policias foi enérgica”, comentou.

Feridos

A condutora do Siena, Joyce Lísia da Silva Costa, sofreu ferimentos na cabeça. Além dela, havia mais quatro pessoas no carro: os filhos Nikolas, 15, e Nikole, de apenas dois anos de idade, além da comadre identificada como Alexandra e da filha dela, uma adolescente de 15 anos, que não teve o nome divulgado. Eles não tiveram ferimentos.

Os criminosos, que bateram no poste, também ficaram feridos dentro do veículo. Identificados como Bruno de Lima Oliveira, Danrley Carvalho da Silva, Flávio Sandro Oliveira da Silva e Tássio Farias da Silva e foram presos no local pelos policiais militares.

Quatro ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas pelos policiais para realizar o socorro e transporte das vítimas para unidades hospitalares. Os quatros bandidos foram encaminhados para o Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul da capital. Já a condutora do Siena foi encaminhada ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) São Raimundo, na Zona Oeste, com ferimento na cabeça.

Armas

Com os bandidos foram encontradas duas armas: uma pistola PT.40, de uso restrito das policias Civil e Militar – com 12 munições intactas, e duas cápsulas deflagradas, além de uma pistola similar (de brinquedo).

Durante os procedimentos dos policiais, o proprietário do Gol, Paulo Barca, 32, chegou ao local do acidente e informou que o carro havia sido pego da garagem da sogra pelo próprio cunhado, Tássio. “Eu deixei o meu carro na casa da minha sogra porque eles fazem tratamento contra o câncer, o meu cunhado pegou o veículo sem a minha autorização”, explicou.

A perícia Criminal do Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Civil esteve no local para apurar o acidente. O veículo modelo Gol, utilizado pelo bando, foi guinchado e removido para o 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Conforme o tenente Jefferson, os criminosos foram escoltados por policiais militares até a unidade hospitalar para os procedimentos médicos e depois encaminhados ao 19º DIP, onde será realizado o flagrante e autuados.

Fonte: EM TEMPO

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.