Amazonas Formal & Informal

Eleição na OAB-AM faz surgir quadra e piscina à “toque de caixa”

Redação
Escrito por Redação

Os advogados que acompanham o processo eleitoral na OAB do Amazonas, que vai acontecer no próximo dia 27 desse mês, contam que a eleição, pelo menos, está servindo para que algum tipo de benefício se viabilize para a categoria, mesmo irregularmente construído.

A diretoria da OAB, que tenta continuar no poder com a candidatura do atual vice Marco Aurélio Choy, na presidência da Ordem, está tocando às pressas, em um terreno da OAB localizado à Ephigênio Salles, Adrianópolis, obras que até então eram consideradas impossíveis de acontecer.

No local está prevista a construção de piscinas e quadras, entre outros, como parte de um projeto, que conforme o advogado Carlos Frederico Gomes, fez parte da proposta de campanha da atual diretoria, mas que só começou a ser viabilizada agora nesse período pré-eleitoral.

Contando ainda, que as obras estão sendo realizadas em cima de um “aterro feito com entulhos de construção civil”, denunciado com texto e fotos aqui nesse site com o título “Obra irregular da OAB-AM interditada pela SEMMAS vira aterro sanitário”. A denúncia aconteceu, tão logo começaram a movimentação no terreno da OAB. Eles fizeram ouvido de mercador.

A OAB Seccional Amazonas, teve a obra de aterro irregular interditada pela Secretaria Municipal Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMMAS) no início de 2014, mas só em junho de 2015 chegou ao conhecimento dos membros do conselho e da mídia local.

A obra autorizada pela atual administração da OAB, localizada na Avenida Ephigenio Sales, Adrianópolis, é um aterro sanitário feito com material orgânico e lixo, que causando sérios transtornos ao meio ambiente e risco para qualquer edificação que venha ser feita no local.

Pelo visto, os conselheiros não estavam sabendo da irregularidade da obra. A interdição aconteceu em 2014, com auto de fiscalização e interdição nº 052503/2014, processo 2014/15848/15872/00574, mas chegou ao conhecimento dos conselheiros em junho de 2015.

Aterro sanitário no terreno da OAB-AM, antes de inciarem as obras.

Aterro sanitário no terreno da OAB-AM, antes de inciarem as obras.

As obras em cima do aterro irregular continua acontecendo para justificar empenho em plena campanha eleitoral, mesmo correndo o risco futuro de arcar com as responsabilidades criminais aos atuais administradores da OAB/AM, o presidente Alberto Simonetti Cabral Neto e o seu vice, Marco Aurélio de Lima Choy.

As eleições para a direção da OAB/AM acontecerão dia 27 de novembro, com duas chapas polarizando o pleito e a previsão de aproximadamente nove mil advogados votantes em todo o Estado. As chapas são as seguintes: Muda OAB, que apresenta Jean Cleuter Mendonça para presidente e Advocacia Unida, com o atual vice-presidente da OAB-AM, Marco Aurélio Choy encabeçando a chapa.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.