Cidades

Em Manaus, passageiro é morto com um tiro na nuca durante assalto em ônibus da linha 678

Coletivo_foto_Josemar Antunes
Redação
Escrito por Redação

O carpinteiro Waldenire Justino da Silva, de 32 anos, morreu com um tiro na nuca, no Pronto-Socorro (PS) Dr. João Lúcio, na Zona Leste, após tentar reagir a um assalto dentro do ônibus da empresa Global Green, da linha 678, na noite de segunda-feira (18). O fato ocorreu por volta das 20h, na Avenida Coronel Teixeira, nas proximidades do supermercado DB, bairro Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus.

A ação criminosa foi registrada por uma câmera de segurança instalada no interior do coletivo. Os três homens entraram no ônibus como se fossem passageiros e anunciaram o assalto. Na ocasião, Waldenire tentou mobilizar um dos assaltantes, ao lado do motorista, mas foi alvejado com um tiro na nuca efetuada por um dos criminosos.

Waldenire foi alvejado com um tiro na nuca dentro do coletivo - fotos: Josemar Antunes

Waldenire foi alvejado com um tiro na nuca dentro do coletivo – fotos: Josemar Antunes

Os três homens não identificados fugiram levando dinheiro e pertences dos passageiros. A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e conduzida ao Pronto-Socorro (PS) Dr. João Lúcio, mas morreu por volta das 22h.

O caso foi registrado no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP), mas o crime será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.