Amazonas Cidades

Em palestra, Sérgio Fontes diz que ‘redução dos crimes contra a vida é a prioridade’

Sérgio Fontes(SSP-AM), em palestra/Foto: Divulgação
Sérgio Fontes(SSP-AM), em palestra/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

‘A realidade da Segurança Pública no Estado do Amazonas e suas Perspectivas’, foi tema de palestra ministrada no último sábado, à noite (30), pelo secretário de Segurança Pública, Sérgio Fontes, durante a Expo Segurança 2015, que encerrou na tarde de ontem, domingo, no Centro de Convenções Manaus Plaza, zona Centro-Sul de Manaus, promovida pelo Sindicato das Empresas de Vigilância e Segurança Privada do Amazonas (Sindesp-AM) e a KVM Engenharia.
Durante a palestra, Sérgio Fontes, destacou as consequências da violência pelo fato do Amazonas ter extensa fronteira com Colômbia, Venezuela e Peru, principais produtores de droga do mundo. “O tráfico trás diversos crimes para a capital e nosso Estado e um dos nossos principais desafios é combater e prevenir os crimes contra a vida. Essa é a prioridade para o Sistema de Segurança: proteger a vida”, disse Fontes.

O secretário fez uma análise do número de homicídio nos últimos dez anos e a redução do percentual do aumento desde 2010, fruto dos investimentos realizados. “Antes do Ronda no Bairro, em 2011, quase mil pessoas estavam morrendo por ano em Manaus, e passou pra 722 para 2013. Isso mostra que o programa é eficiente, mas não pode ser o único”, disse.

Em 2011, foram registrados 925 casos de homicídios. Esse número passou pra 947 em 2012, 711 em 2013 e 779 em 2014. Segundo Sérgio Fontes, o percentual de aumento tem reduzido conforme os números apresentados: de 2010 para 2011, o aumento foi de 20,9%, de 2011 para 2012 caiu para 2,3%, de 2012 para 2013 reduziu 23,7% e de  2013 para 2014 houve um aumento de 7,8%.

Fontes ressaltou que em 2015 todos os esforços estão sendo feitos para a redução de todos os crimes. “Temos a obrigação de não deixar 2015 ser um ano tão violento como 2014. Com o projeto Ronda no Bairro, a criminalidade e os números de homicídios diminuíram, no começo de 2014 houve um aumento porque tivemos um início de ano difícil com a situação das viaturas da Delta, que ainda tem causado impacto em 2015, quando assumimos a SSP com menos de 100 carros nas ruas e isso fez o índice se elevar”, destacou.

Para ele, os investimentos em Segurança já estão fazendo a diferença. Em 2010 eram estimados em R$ 600 milhões por ano. Nos últimos cinco anos os investimentos saltaram para R$ 1,5 bilhão, anualmente. “Além dos investimentos em viaturas e capacitação dos nossos servidores, também estamos desenvolvendo alguns novos projetos que vão contribuir para o combate ao crime”, disse Fontes.

Novos projetos

Dentre os novos projetos, Fontes destacou o Sistema de Integrado de rede de monitoramento de câmeras, que por meio de parceria público-privada com empresas e instituições do Estado. Atualmente, o Sistema de Segurança possui cerca de 230 câmeras, em diversos pontos da cidade, que são monitoradas no Centro Integrado de Comando e Controle do Amazonas (CICC-AM) e Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops). Com a execução desse projeto, os pontos de monitoramento podem chegar a 1.000.

O secretário também destacou o projeto dos Drones, que podem substituir o monitoramento de áreas se o objetivo seja captar apenas imagens. “O drone pode fazer esse serviço e é mais barato que os helicópteros, que serão usados apenas para intervenção”, disse.

Ele informou ainda que o Programa Estadual de Recompensas e o Botão do Pânico também estão em fase de planejamento na SSP-AM. “O grande projeto do Governo é sem dúvida  o Todos Pela Vida, que está sendo desenvolvido para congregar todos os projetos que já existiam e ampliar. Apenas oito estados do Brasil apresentaram projetos para diminuição de violência e o Amazonas é um deles”, disse.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.