Amazonas Política

Em Sessão Especial, Assembleia Legislativa homenageia os 49 anos da ZFM

Assembleia(Am), homenageia Suframa/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Os 49 anos da Zona Franca de Manaus (ZFM) foram celebrados na Sessão Especial de hoje, terça-feira (01), na Assembleia Legislativa do Amazonas, por iniciativa dos deputados Adjuto Afonso (PP) e Alessandra Campêlo (PCdoB), que homenageou o modelo de desenvolvimento do Estado, e que foi dirigida pelo vice-presidente da Casa, Belarmino Lins (PMDB).
A superintendente da Zona Franca de Manaus (Suframa), Rebecca Garcia, foi agraciada com uma placa de homenagem entregue pelo deputado Belarmino Lins e pela Ouvidora Geral do Estado, Zanele Teixeira, que na ocasião representou o governador José Melo (Pros). Alguns servidores de carreira da autarquia e personalidades da indústria amazonense foram homenageados com Certificados de Honra ao Mérito.

Na ocasião, Rebecca destacou o papel da Suframa, vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e que tem o papel de promover o desenvolvimento socioeconômico de sua área de atuação – Estados da Amazônia Ocidental (Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima) e municípios de Macapá e Santana, no Estado do Amapá. Segundo a superintendente, a crise está dando oportunidade de buscar novas oportunidades, visando o desenvolvimento regional, citando como exemplo o programa Zona Franca verde (ZFV) em fase de implementação.

Para o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Nelson Azevedo, a ZFM é um modelo de desenvolvimento que continua dando certo, daí o fato de estar comemorando quase meio século de existência. “Mesmo diante das dificuldades enfrentadas, por conta do atual cenário econômico e político que o Brasil enfrenta, a homenagem é justa por conta das riquezas geradas pelo modelo no Estado do Amazonas”, frisou.

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), em exercício, vereador Hiran Nicolau (PSD), destacou que a data, também, serve para reflexão, por se tratar de uma homenagem ao modelo de desenvolvimento importante para o Estado, mas que sofre as consequências da crise nacional. Para o vereador, a palavra-chave do momento é a união de todos e o conselho é esquecer as bandeiras partidárias. “Somente dessa forma se vai vencer as dificuldades”, destacou.

Na opinião do presidente da Comissão de Indústria, Comércio e Mercosul da Assembleia, deputado Serafim Corrêa (PSB), a homenagem é justa e merecida. No entanto lamentou que nesses 49 anos o Estado não tenha superado gargalos referente à energia elétrica, telefonia, comunicação, portos, modais de transportes e  outros. “Ao mesmo tempo em que comemoramos, temos obrigação de discutir o modelo, como fazíamos há mais de 40 anos”, disse, apontando como excelente a atuação da superintendente Rebecca Garcia à frente da autarquia.

Desenvolvimento regional

Como um dos autores da homenagem ao modelo ZFM, Adjuto Afonso disse que a ZFM tem sido importante tanto para o Amazonas como para os demais Estado de sua área de abrangência. “É obrigação nossa reconhecer o trabalho que a Suframa realiza, até como incentivo para continuar trabalhando em prol do desenvolvimento do Estado, mesmo diante do cenário de crise”, frisou.

Por sua vez, Alessandra Campêlo, também, defendeu a união dos Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) em torno da preservação, manutenção dos empregos no Polo Industrial de Manaus (PIM). Diante do atual panorama econômico, nada animador, a parlamentar defendeu a união de forças entre o poder público e as indústrias para fortalecer a Suframa e o parque industrial de Manaus.

Também presentes na Sessão, o diretor-executivo do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Ronaldo Mota; o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL-Manaus), Ralph Assayag, o assessor econômico da Federação do Comércio do (Fecomercio-AM), José Fernando; o desembargador Airton José Veloso representou o Tribunal Regional do Trabalho (TRE); a chanceler Denise Dalli, representou o Escritório de representação do Ministério das Relações Exteriores da Região Norte; o presidente do Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Amazonas (OCB-AM), Petrucio Magalhães Júnior, e outros.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.