Amazônia Roraima

Embaixadores da Alemanha, Irlanda e Holanda cumprem agenda em Roraima

embaixadores-União-Europeia
Redação
Escrito por Redação

Em uma comitiva, embaixadores da União Europeia chegaram ontem ao Estado e visitaram a sede da Secretaria Estadual do Índio, por volta das 16h30, com o objetivo de conhecer a cultura indígena local por meio do artesanato, comidas típicas, e danças tradicionais. Dançando o tradicional Parixara, como mostra da cultura dos Wapixana, representantes de povos indígenas roraimenses receberam os embaixadores Dirk Brengelmann, da Alemanha, Brian Glynn, da Irlanda, e Han Peters, da Holanda.

Os embaixadores experimentaram um pouco da culinária tradicional, como a damorida e o caxiri. Também foram feitas demonstrações de línguas nativas e atividades desenvolvidas pelos indígenas. Após a visita, a comitiva seguiu para a inauguração do Centro de Atendimento ao Turista no Aeroporto Internacional de Boa Vista Atlas Brasil Cantanhede, que ocorreu às 17h30.

O embaixador alemão Dirk Brengelmann falou em nome dos embaixadores. Ele disse que estava admirado com a recepção e cultura local. Afirmou que uma das motivações da visita foi a preocupação com questões indígenas e ambientais. “Como embaixador da Alemanha, posso dizer que nosso país é muito ativo, como o Brasil, na área de proteção ambiental e proteção de terras indígenas. Por isso visitamos o Estado de Roraima. Nós, embaixadores da Europa, admiramos o território vasto do Brasil, o que não temos por lá”, afirmou.

Para o secretário do Índio, Ozélio Izidório, a vinda deles foi uma oportunidade não só de mostrar a cultura, mas de apresentar a realidade das comunidades, expondo as dificuldades pelas quais vêm passando. “Nós aproveitamos o momento para pedir apoio nesse momento de estiagem que o Estado enfrenta. Entregamos uma cópia do projeto orçado no valor de R$ 12 milhões voltado para a agricultura dos indígenas”, frisou.

O projeto prevê a perfuração de 300 poços artesianos em 300 comunidades indígenas. Segundo ele, as comunidades indígenas têm poços artesianos feitos com recursos da Secretaria Especial da Saúde Indígena (Sesai), mas destinados para o consumo. “Nesse período de seca, os índios não têm água para o plantio, assim não conseguem manter seu subsídio através da agricultura. Então, esperamos que os embaixadores voltem o olhar para o povo daqui e possam nos ajudar”, complementou. Neste projeto, serão beneficiados os povos Macuxi, Wapixana e Taurepang.

UFRR – Na tarde de hoje, os embaixadores darão sequência à série de visitas a instituições públicas em Roraima, visitando a Universidade Federal de Roraima (UFRR). O encontro será às 16h15, no Salão Nobre da Reitoria, aberto para alunos e professores da instituição. Os embaixadores farão uma apresentação sobre os países e esclarecerão possíveis dúvidas dos alunos.

O professor Américo de Lyra, do curso de Relações Internacionais da UFRR e articulador do encontro, explicou que a visita representa os esforços pela implementação de uma política de internacionalização a ser conduzida pela futura gestão da Administração Superior da UFRR. “Este encontro internacional será um momento importante para professores e alunos dos diversos cursos da UFRR, que poderão conhecer melhor a realidade destes países e dividir experiências, uma vez que temos o interesse em estreitar as relações com estes e outros países”, explicou.

O professor assumirá a vice-reitoria da UFRR e a Coordenação de Relações Internacionais (CRINT). O professor doutor Jefferson Fernandes, do curso de Agronomia, assumirá a Reitoria. Eles foram eleitos no ano passado.

Esta é a primeira vez que a Universidade recebe três embaixadores. “Vejo como importante em termos institucionais, porque proporciona visibilidade para a UFRR para países centrais importantes e abre um campo de diálogo no qual as demandas internas da instituição podem contribuir para o fortalecimento da política de internacionalização da UFRR. O estreitamento de relações é bastante significativo nesse processo”, frisou Lyra.

(Folha Boa Vista)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.