Mundo

Empresa chinesa procura jovem para abraçar pandas. Salário: R$ 11 mil

Redação
Escrito por Redação

Na China, é comum a existência de babysitters para pandas, o que é considerado uma profissão. Muito bem paga, por sinal.

O Centro de Proteção e Pesquisa de Pandas Gigantes de Ya’a, na província de Sichuan, está oferecendo 30 mil euros por ano, o equivalente a cerca de R$ 11 mil por mês, a quem se ofereça para cuidar destes animais e ainda, abraçá-los.

“O trabalho tem uma única missão. Passar 365 dias com os pandas e partilhar com eles as suas alegrias e tristezas. Precisa de perseverança para [fazer bem] este trabalho”, lê-se no Bored Panda.

E ainda dizem que estão interessados em “trabalhadores de colarinho branco das cidades, que estão habituados a comer o que quiserem. Mas dentro desta base de pandas gigantes, as ofertas não serão tantas”, refere o anúncio.
O funcionário tem também à sua disposição uma veículo, alimentação e moradia assegurados.

Os interessados precisam de ter a partir de 22 anos e conhecimento básico sobre estes animais, além de terem competências de escrita e saber tirar fotografias.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.