Esportes

Empresa de Ronaldo processa Corinthians por dívida com Anderson Silva

ronaldo-e-anderson-silva
Redação
Escrito por Redação

A 9ine, empresa de propriedade do ex-jogador Ronaldo, processa o Corinthians por uma dívida que, somados juros e correções, é de R$ 120.368,53. O UOL Esporte teve acesso ao processo que é referente ao não pagamento de acordo para exploração de imagem do lutador Anderson Silva. As primeiras parcelas em aberto do contrato venceram em abril de 2014.

 
Firmado em 30 de novembro de 2013, o acordo visava aumentar a popularidade do atleta e, segundo afirma a 9ine, obrigava o Corinthians a pagar 12 parcelas no valor de R$ 10.833,00. Dessas, apenas quatro foram pagas pelo clube.

A ação movida pela 9ine diz: “houve inúmeras tentativas amigáveis de cobrança, todas infrutíferas, e já se passou mais de um ano desde que o Corinthians não efetuou o primeiro pagamento à empresa”. Há cinco meses, a companhia de Ronaldo enviou notificação extrajudicial ao clube, mas não obteve nenhuma resposta.

Ao valor original de R$ 86.664,00, a 9ine acrescentou também correção monetária, juros e multa de 20%, segundo termos do contrato, o que eleva o valor a R$ 120.368,53. No processo, a empresa ainda solicita que o Corinthians realize o pagamento em três dias, ou tenha bens penhorados pela Justiça como garantia.

No início do ano, a imagem de Ronaldo foi bastante explorada pela campanha do então candidato a presidente Roberto de Andrade. O Fenômeno visitou o clube, vestiu camisa do grupo político que tem Andrés Sanchez como maior liderança e gravou vídeo para ser enviado via Whatsapp para os eleitores (veja abaixo).

A relação comercial entre o Corinthians e ele se mantém desde a aposentadoria, em 2011. Para ser embaixador do clube, em um vínculo jamais divulgado pelo clube, Ronaldo recebeu aproximadamente R$ 5 milhões. Logo após a eleição, Andrés afirmou que o vínculo seria renovado.

(UOL)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.