Amazonas Economia

Empresários amazonenses têm oportunidades de negócios na Alemanha

Evento realizado em 2014/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

A Confederação Nacional das Indústrias (CNI) e sua congênere alemã Bundesverband der Deutchen Industries (BDI), em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), oferecem aos empresários do Amazonas a oportunidade de participar do 33º Encontro Econômico Brasil – Alemanha (EEBA), a ser realizado de 20 a 22 de setembro, na cidade de Joinville (SC), com inscrições abertas pelo link www.eeba2015.com.br.
A presidente Dilma Rousseff (PT), o ministro da  Fazenda, Joaquim Levy, e outras autoridades políticas e na área da econômica do Brasil e da  Alemanha confirmaram presença no evento. Segundo o gerente-executivo do Centro Internacional de Negócios do Amazonas (CIN-AM) – colaborador da missão empresarial -, Marcelo Lima, o Brasil têm se destacado como o mais importante parceiro comercial da Alemanha na América Latina.

Além de ser reconhecida mundialmente por seus índices de exportação, a Alemanha é também grande importador mundial, o que propicia a cooperação técnica financeira e investimentos para ambos os países, afirma Lima. “Atualmente, o Brasil ocupa o 23º lugar entre os países consumidores de produtos alemães e enquanto fornecedor está no 21º lugar”, informou Marcelo Lima.

Ele ressaltou que a  Alemanha também tem uma participação relevante no comércio brasileiro. “O país ocupa o quarto lugar de maior parceiro comercial do Brasil, ficando atrás dos Estados Unidos, Argentina e China”, completou o executivo.

Lima destacou que dos produtos exportados pelo Brasil para a Alemanha nos últimos cinco anos, o café em grãos, soja, óleo de soja e automóveis se destacam como principais itens mais demandados pelo país, por ordem de valor importado.

Fortalecimentos de parcerias

O gerente-executivo do CIN-AM afirmou, ainda, que por ser considerado o evento mais importante da agenda bilateral dos dois países, o EEBA tem um papel fundamental de estimular o desenvolvimento comercial e a cooperação financeira entre o Brasil e Alemanha.

“O evento é uma oportunidade de o empresário entrar em contato com representantes de empresas e entidades brasileiras e alemãs voltadas a negócios, parcerias e investimentos dos mais variados segmentos industriais”, adiantou o economista.

Na programação, o EEBA contará com palestras e debates sobre Política Econômica e Comercial, desafios enfrentados pelas cidades brasileiras no comércio exterior, bioeconomia e outros relevantes à inovação à competitividade, além de encontro de negócios.

A programação do evento também inclui visitas técnicas ao Porto de Itapoá, ao Instituto SENAI de Inovação de Laser e de Inovação em Sistemas de Manufatura de Joinville, a Siemens Healthcare Perini Business Park e a BMW – Joinville. Para a edição de 2015, a estimativa é a presença de um público de mais de mil participantes.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.