Amazonas Economia

Empresários do Peru querem fechar US$ 10 milhões em negócios no AM

Os gargalos da logística, em debate/Foto: Arquivo
Os gargalos da logística, em debate/Foto: Arquivo
Redação
Escrito por Redação

Uma comitiva de 30 empresários peruanos se reúne, hoje (17), com  120 empresários amazonenses para a realização de uma rodada de negócios que tem como meta gerar US$ 10 milhões de dólares em volume de investimentos no Estado, como parte do “Seminário de Facilitação Logística”, promovido pelo Comercio Exterior do Peru, iniciado às 09h00, no Hotel Caesar Business, na Darcy Vagas, na zona Centro-Sul de Manaus.
Liderada pelo Vice-ministro de Comercio Exterior do Peru, Sr. Edgar Vásquez Vela, o objetivo do encontro é estimular o intercâmbio comercial entre os países através dos modais logísticos hidroviários e terrestres, como a BR-364, estrada interoceânica que une o Brasil ao Peru através do estado do Acre, explica o representante do Escritório Comercial do Peru no Brasil, Victor Rondón.

“Hoje, muitos produtos do Peru vem do Japão, Estados Unidos e China. Porém, com as preferências tarifárias há um grande interesse que Amazonas possa exportar ao Peru grandes produtos industrializados, já que a Zona Franca tem as principais multinacionais do País e o Peru carece de indústrias de tecnologia. Encontrar um comércio de mão dupla é o nosso objetivo principal. Por isso, buscamos sinergia e para movimentar mais negócios.”, argumentou.

Marcelo Lima, gerente-executivo do Centro Internacional de Negócios, entidade colaboradora da missão, afirma que o interesse do parceiro sul-americano é incluir no portfólio de produtos exportados ao AM alimentos, materiais de construção, produtos de setor de confecções e fertilizantes, já que, hoje, a pauta de exportação se restringe a minério

“É uma oportunidade de ofertar produtos que aumentem a competitividade e se apresentem como uma alternativa aos atacadistas e varejistas do Amazonas. Por isso a necessidade de criar mecanismos reais que possibilitem e aprimorem as rotas logísticas de intercambio comercial com Manaus”, destacou.

Seminário

O “Seminário de Facilitação Logística” contará com a participação das principais federações e associações empresariais do Amazonas, contando também com a presença de governadores dos Estados peruanos de Loreto e Ucayali e pelo embaixador do Peru no Brasil, Jorge Bayona.

Segundo Rondón, já estão confirmadas as presenças dos principais operadores logísticos e portuários do Amazonas e do Peru, como Grupo Bertolini de Manaus, Porto Chibatão, Naviera Maynas e Odebrecht LATINVEST. “A comitiva também têm interesse nos empresários atacadistas e varejistas interessados em produtos de consumo massivo para fechar negócio. Ao todo, temos 15 empresários deste ramo”, ressaltou o representante.

O evento é aberto à classe empresarial amazonense e interessados podem efetuar inscrição na sala do CIN-AM, situada nas dependências da Fiam, localizada na Avenida Joaquim Nabuco, Centro.  A inscrição também poderá também ser feito no dia do evento.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.