Amazonas Cidades

Equipe do 15º DIP prende irmãos envolvidos em homicídio, em Manaus

Irmãos Francisco e Antonio Souza, presos por homicídio/Foto: Maria Arouche
Irmãos Francisco e Antonio Souza, presos por homicídio/Foto: Maria Arouche
Redação
Escrito por Redação

Uma equipe de investigação do 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP), da Polícia Civil do AM, prendeu na manhã de hoje, sexta-feira (06),  os irmãos Francisco Souza Silva, de 39, conhecido como “Chicó”, e Antônio Coelho de Souza, de 48 anos, envolvidos no homicídio da dona de casa Inis Assunção da Encarnação, ocorrido no dia 15 de janeiro de 2009, no bairro Colônia Terra Nova, na zona Norte da cidade.
Durante coletiva de imprensa realizada na tarde de hoje, no auditório da Delegacia Geral, o delegado titular do 15º DIP, Torquato Mozer, informou que os irmãos foram presos na residência onde moravam, situada na Rua Caiana, bairro Monte das Oliveira, na zona Norte.

“De fato já havia uma investigação a respeito de outros crimes naquela área quando recebemos uma denúncia anônima informando o paradeiro dos irmãos e, a partir de um minucioso trabalho investigativo, conseguimos chegar até eles”, explicou Mozart.

O homicídio, conforme a autoridade policial, teria sido motivado em razão de uma dívida no valor de R$1,5 mil, supostamente relacionada ao tráfico de drogas, que Inis possuía com um irmão de Francisco e Antônio, identificado como Valdemir Coelho de Souza, falecido em 2010.

“No dia do crime Valdemir teria feito uma ligação para Inis  cobrando o dinheiro. Horas depois a vítima foi ao encontro dele, que estava na companhia de Francisco. Na ocasião, Francisco teria desferido golpes de faca na mulher, que tinha 28 anos. Em seguida, com a ajuda de Valdemir, jogou o corpo em um matagal na Rua Cinco de Setembro, bairro Colônia Terra Nova, zona Norte. Durante as investigações descobrimos que Antônio era namorado da vítima e tinha conhecimento do crime”, informou Mozer.

Francisco e Antônio foram presos em cumprimento a mandados de prisão, expedidos neste ano, pelo juiz da 1ª Vara do Tribunal do Júri, Anésio Rocha Pinheiro. Eles foram indiciados por homicídio qualificado. Os irmãos serão encaminhados à Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), onde irão prestar esclarecimentos sobre o delito e, sem seguida, conduzidos à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.