Entretenimento

Equipe do “CQC” é agredida durante gravação de reportagem

cqc-agredido
Redação
Escrito por Redação

Nesta quinta-feira (17), durante a gravação de uma matéria em Paraty, no litoral sul do Rio de Janeiro, uma equipe do programa “CQC” foi agredida por supostos “seguranças” da prefeitura local e o prefeito de Paraty, Carlos José Gama Miranda (PT), assistiu a tudo sem fazer nada.

“Nunca imaginei que pudessem tentar impedir a gente de gravar na frente de um prefeito. Essa é a última reportagem que faço para o programa. Estou impressionado: Como isso pode acontecer na frente de uma autoridade pública e ela não fazer nada, não falar nada?”, questiona o repórter Erick Krominski, segundo o jornalista Daniel Castro.

“Comecei a entrevista e um funcionário começou a tentar desconectar a câmera. Eu perguntei quem ele era e ele falou ‘Foda-se’. O capanga pegou meu microfone e deu socos nele. O chefe de comunicação da prefeitura começou a desrosquear o microfone. Enquanto isso, [o cinegrafista] Melão e um segurança ficaram brigando pela câmera, cada um puxando de um lado. Na confusão, conseguiram tirar a bateria da câmera e sumiram com ela. A gente já estava sem câmera e o prefeito ficou sentado, olhando tudo, sem fazer nada”, relata Krominski, indignado.

(Notícias ao Minuto)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.