Amazonas Cidades

Especialistas da Unicamp debatem com profissionais da saúde na FHemoam

Doutor Erich de Paula(Unicamp)/Foto: Divulgação
Doutor Erich de Paula(Unicamp)/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), promoveu, na última sexta-feira (26), as palestras “Atualização em Púrpura Trombocitopenia Idiopática (PTI” e “Complicações Agudas da Anemia Falciforme”, com os professores doutores Erich de Paula e Sara Teresinha, ambos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).
As palestras  tiveram como finalidade a transferência de novos conhecimentos para os estudantes da área de saúde, médicos hematologistas, clínicos, residentes, enfermeiros, técnicos, farmacêuticos, fisioterapeutas e demais profissionais.

O diretor-presidente da Fundação Hemoam, Nelson Fraiji, que participou das palestras, disse que o conhecimento trazido e os debates realizados após as palestras contribuem para a atualização dos profissionais de toda a área de saúde, mas, especialmente, para os que atuam na Fundação Hemoam. “Nossa missão é sempre contribuir para a melhoria da qualidade do atendimento e dos serviços prestados à população, por isso, toda capacitação, especialmente a de profissionais que têm a experiência clínica, é importante”, frisou.

De acordo com o aluno Cezar Purim, que está fazendo o mestrado de Hematologia, as palestras são fundamentais. ‘’Eu entendo que é muito importante para a área da saúde, porque ajuda a conhecer novidades em hematologia. É bom aprender mais sobre isso, pois há muitos livros na biblioteca, mas livros de anos passados’’.

A professora doutora Sara Teresinha, palestrante do tema “Anemia Falciforme”, relata  que a doença é muito grave. ‘’É muito difícil o manuseio do paciente. Então, é muito importante essa troca de experiência com a vivência clínica, para que o atendimento ao paciente seja adequado’’. Já o segundo palestrante da manhã, o professor doutor Erich de Paula, disse que é uma oportunidade ímpar de atualização no tratamento da doença, considerando-se o surgimento de novos tratamentos.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.