Amazonas Educação

Estudantes da rede pública estadual do AM já podem fazer inscrições ao PSC

Inscrições ao PSC estarão abertas até 22 de agosto/Foto: Assessoria
Inscrições ao PSC estarão abertas até 22 de agosto/Foto: Assessoria
Redação
Escrito por Redação
Inscrições ao PSC estarão abertas até 22 de agosto/Foto: Assessoria

Inscrições ao PSC estarão abertas até 22 de agosto/Foto: Assessoria

Os alunos da rede pública estadual do Amazonas, já podem realizar suas inscrições ao Processo Seletivo Contínuo (PSC), já que, segundo a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), a Universidade Federal do Amazonas (UFAM) deu início ao processo que irá até o dia 22 de agosto, no site www.comvest.ufam.edu.br.
Para se inscrever, o estudante deve acessar a página da Comissão Permanente de Concursos da Ufam (Comvest), informar um conjunto de dados pessoais e após a realização do cadastro, é necessário efetuar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 45, pago exclusivamente nas agências do Banco do Brasil por meio de boleto bancário.

Em relação às vagas para ingresso em 2017, os alunos finalistas poderão concorrer a 2.735 vagas, sendo que 1.910 são destinadas aos cursos que são ofertados na capital e 825 para os cursos que são oferecidos nas unidades acadêmicas localizadas no interior do Estado.

O PSC é realizado em três etapas para os estudantes do Ensino Médio do Estado do Amazonas. A primeira etapa é exclusiva para os estudantes que estão cursando a primeira série do ensino médio; a segunda fase é para aqueles alunos estão matriculados na segunda série do ensino médio e a terceira etapa, é para os alunos finalistas, que deverão fazer a opção pelo curso desejado.

Neste ano, as provas das segunda e terceira etapas serão realizadas em Manaus e nos 61 municípios do interior do Estado. Já as provas da primeira etapa serão aplicadas somente em Manaus, Benjamin Constant, Coari, Humaitá, Itacoatiara e Parintins, mas apenas para concorrer a vagas ofertadas nos cursos da capital.

O PSC é a forma de ingresso na Universidade Federal do Amazonas, criado pela resolução 18/98, do Conselho de Ensino e Pesquisa (Consep), com alterações feitas pela resolução 014/00. A seleção é feita por meio de uma avaliação seriada e contínua nas três séries do ensino médio.

Quarenta por cento das vagas dos cursos da Ufam são reservadas para o PSC. Todos os alunos do ensino médio, matriculados em escolas credenciadas pelo Conselho Estadual de Educação, podem se inscrever.

Mudanças no edital

A partir do ano de 2019 ocorrerão mudanças no processo seletivo, que passará a contemplar apenas as vagas ofertadas nos cursos oferecidos na capital. As vagas que são ofertadas nas graduações das unidades do interior do estado serão preenchidas por meio do Processo Seletivo para o Interior (PSI). O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o PSI serão as únicas formas de ingresso em graduações fora da sede na capital.

Os estudantes que farão as provas da primeira etapa do processo seletivo já neste ano de 2016, poderão somente optar pelos cursos que são ofertados nas 15 unidades acadêmicas localizados na capital. A nova regra se enquadra a esses estudantes devido ao fato de que farão as provas da terceira e última etapa no ano de 2019.

Os estudantes que estão cursando o 3º ano neste ano de 2016, ainda poderão concorrer às vagas ofertadas para os 80 cursos pela capital e para os 34 cursos ofertados pelo interior do Estado.

De acordo com o pedagogo da Gerência do Ensino Médio da Seduc, Manuel Arruda, o PSC é uma das principais ferramentas que os estudantes da rede pública possuem para ingressar em uma universidade e ter a oportunidade de cursar o ensino superior.

“O Processo Seletivo Contínuo é uma ferramenta fundamental que possibilita ao aluno ingressar em uma universidade pública federal, garantindo vaga em um curso de nível superior. Por isso, é fundamental que os nossos estudantes estudem e se preparem desde a primeira fase, a fim de garantir a sua entrada na última fase do processo seletivo”, informou o professor.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.