Mundo

EUA pedem desculpas à Venezuela por violação do espaço aéreo

Redação
Escrito por Redação

O governo dos Estados Unidos (EUA) confirmou hoje (18) que um avião norte-americano violou o espaço aéreo venezuelano, durante uma operação de combate ao tráfico de drogas, e pediu desculpas a Caracas.

“Admitimos e oferecemos desculpas”, disse o general John Kelly, ao ser questionado pelos jornalistas durante entrevista no International Institute for Strategic Studies, em Washington.

Segundo ele, o avião esteve durante três minutos e meio em espaço aéreo venezuelano, enquanto seguia uma embarcação que transportava uma tonelada de cocaína.

“Seria melhor se tivéssemos maior cooperação antinarcotráfico com a Venezuela”, destacou, acrescentando que os Estados Unidos têm “cooperação incrível com quase todos os países da região”, mas que isso não ocorre com alguns deles.

No último dia 8, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou que um avião norte-americano violou o espaço aéreo do seu país e que recorreria a instâncias internacionais para denunciar as últimas “provocações militares” dos EUA.

“Vamos denunciar perante todos os organismos regionais e sub-regionais, a União de Nações Sul-Americanas, a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos, a Aliança Bolivariana para os Povos da América, além da ONU, todas essas provocações novas, inusitadas e extraordinárias”, disse Maduro ao canal estatal Venezuelana de Televisão.

No mesmo dia, mais cedo, o ministro venezuelano da Defesa, Vladimir Padrino López, denunciou que um avião dos serviços secretos dos EUA partiu da ilha caribenha de Curaçao e entrou no espaço aéreo da Venezuela sem dar informações a Caracas sobre o voo.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.