Brasil

Ex-funcionário da Globo estaria entre os suspeitos pelo estupro coletivo

Redação
Escrito por Redação

A Polícia Civil do Rio de Janeiro já pediu à Justiça a prisão de quatro homens que teriam envolvimento no estupro coletivo praticado contra uma menina de 16 anos em uma comunidade da Zona Oeste do estado.
Segundo a polícia, Marcelo Miranda da Cruz Correa, de 18 anos, e Michel Brazil da Silva, de 20 anos, são suspeitos de divulgar as imagens da vítima na internet. Lucas Perdomo Duarte Santos, de 20 anos, é o homem com quem a adolescente namorava e teria participação direta no crime, segundo informações do G1.

O quarto homem que teria envolvimento no crime de estupro é Raphael Assis Duarte Belo, de 41 anos, que aparece nas imagens ao lado da garota. Ele trabalhou como apoio a operador de câmera nos estúdios Globo, e foi demitido em agosto de 2015.

Em depoimento à polícia, a vítima afirmou que foi até a casa de um rapaz com quem se relacionava há três anos. Ela se recorda de estar a sós na casa dele e só se lembra que acordou no domingo, em uma outra casa, na mesma comunidade, com 33 homens armados com fuzis e pistolas e contou que estava dopada e nua.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.