Brasil

Ex-juiz preso por pedofilia no AM terá que pagar multa de R$ 1 milhão, diz MPF

Redação
Escrito por Redação

O ex-juiz do Trabalho Antônio Carlos Branquinho terá que pagar R$ 1 milhão em indenização por danos morais coletivos, informou o Ministério Público Federal do Amazonas (MPF/AM) nesta quarta-feira (27). A multa é referente à sentença na ação de improbidade administrativa movida pelo MPF/AM.

Branquinho também responde por ter praticado crime de abuso sexual contra adolescentes nas dependências da Vara do Trabalho no município de Tefé, a 523 Km de Manaus. Ele foi condenado pelo crime de pedofilia e está preso desde 2010. A decisão cabe recurso, informou o portal “G1”.

O MPF também pediu a cassação a aposentadoria do ex-juiz e determinou a suspensão por cinco anos dos direitos políticos de Branquinho, que terá que pagar ainda R$ 250 mil em multa civil.

Branquinho foi condenado em dois processos criminais distintos, movidos pelo MPF entre os anos de 2010 e 2011, por pedofilia e aproveitamento indevido de cargo público e do poder de autoridade de juiz. O ex-juiz cumpre a sentença de 33 anos de prisão em regime fechado desde julho de 2010.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.