Brasil

Ex-mulher do goleiro Bruno vira atendente de padaria

Redação
Escrito por Redação

Dayanne Rodrigues Souza, ex-mulher do goleiro Bruno, conheceu em 2010 o lado sombrio da vida, quando foi presa acusada de sequestro e cárcere privado pelo envolvimento na morte de Eliza Samúdio. Seis anos depois, ela, que hoje está com 30 anos, tenta se reerguer dando expediente como balconista em uma padaria de Belo Horizonte.

De acordo com uma matéria do Extra, Dayanne namora um rapaz chamado Samuel, de 24 anos, e trabalha para sustentar seus três filhos: Bruna, Maria Eduarda e Enzo. Segundo a reportagem do jornal carioca, Dayanne disse que o menino, que está com 3 anos, é filho do goleiro e que ela teria engravidado quando realizava visitas íntimas ao ex-atleta do Flamengo.

Hoje, os filhos de Dayanne e Bruno estudam em escolas da rede pública da capital mineira. Antes, as crianças frequentavam colégios particulares. Bruno foi preso em 2010 e condenado pela Justiça de Minas Gerais, em 2013, a 17 anos e seis meses de prisão em regime fechado por homicídio triplamente qualificado, além de mais três anos e três meses, em regime aberto, por sequestro e cárcere privado e a mais um ano e seis meses por ocultação de cadáver.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.