Cidades

Ex-presidiário morre durante troca de tiro com a Polícia Civil, na zona Oeste

troca-de-tiro
Redação
Escrito por Redação

O ex-presidiário Joh Kennedy Reis dos Santos, de 21 anos, morreu no fim da tarde de quarta-feira (3), por volta das 17h, durante uma troca de tiros com policiais civis da Delegacia Especializada em  Roubos e Furtos de Veículos (DERFV). O crime ocorreu na Rua Berga Monteiro (antiga Rua Bagdá), comunidade Parque São Pedro, bairro Campos Sales, zona Oeste de Manaus.

De acordo com o titular da DERFV, delegado Péricles do Nascimento, Joh e a mulher dele, Valéria Pantoja Barriga, de 21 anos, presa durante a ação policial, já estavam sendo investigado pelo roubo de um veículo Prisma, fato ocorrido na tarde de terça-feira (2), em frente a uma drogaria, localizada na Avenida Djalma Batista, bairro Chapada, Zona Centro-Sul da cidade.

Na ocasião, a vítima foi mantida refém e colocada dentro do porta-malas do veículo. O casal criminoso, antes obrigou que a vítima fornecesse a senha do cartão de crédito, onde foram feitos compras no valor de R$ 1.500. A vítima foi levada para o bairro Tarumã, fugindo em seguida, após conseguir abrir o porta-malas.

Diante das imagens fornecidas pelo estabelecimento, os investigadores chegaram até Valéria e posteriormente em Joh. Durante a abordagem policial, Joh percebeu a presença dos policiais e reagiu efetuando disparos contra os investigadores, que reagiram ferindo o ex-presidiário, que durante a fuga ainda colidiu contra outro veículo.

Joh chegou a ser levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde não resistiu aos ferimentos e morreu. O revólver calibre 38 encontrado com Joh foi apreendido pelos investigadores da Polícia Civil. O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS).

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.