Cidades

Família reconhece corpo de mulher encontrado em matagal no Tarumã, em Manaus

A advogada foi encontrada com os pés amarrados com fita e perfurações de faca no pescoço - fotos: divulgação
Redação
Escrito por Redação

O corpo de uma mulher encontrado com os pés amarrados e ferimento de faca no pescoço, encontrado na manhã de quarta-feira (3), em um matagal, na Rua Marina Tauá, que liga a estrada da Praia Dourada, no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus, foi reconhecido por familiares na manhã desta quinta-feira (4), no Instituto Médico Legal (IML).

Segundo o boletim de ocorrência, familiares e amigos compareceram no IML, onde foi reconhecido o corpo da advogada Mara Inês Ribeiro Lima. Ela atuava na área criminal e morava no bairro Coroado, na Zona Leste da cidade.

A advogada Mara Inês Ribeiro de Lima atuava na área criminal e morava no bairro Coroado, na Zona Leste da cidade - foto: reprodução

A advogada Mara Inês Ribeiro de Lima atuava na área criminal e morava no bairro Coroado, na Zona Leste da cidade – foto: reprodução

De acordo com as declarações de uma amiga da vítima, que pediu para não ter o nome revelado, Mara comentou com ela, na última terça-feira (2), por volta das 12h, que iria levar o carro a uma oficina, situada na Zona Sul.

O veículo e pertences da vítima ainda não foram encontrados e os nomes dos suspeitos foram repassados para a Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS), que prossegue com as investigações com objetivo de esclarecer o homicídio e chegar até a autoria do crime.

O crime

O corpo da advogada foi encontrado na manhã de quarta-feira (3), por vigilantes que trabalham em condomínios residenciais, na estrada da Praia Dourada, no Tarumã, Zona Oeste da capital amazonense. Ela estava com os pés amarrados por fita e ferimento de faca no pescoço.

Por Josemar Antunes

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.