Cidades Polícia

Familiares com rostos cobertos fazem barricada em ato de protesto em frente à cadeia

Familiares fizeram barricada para protestar por falta de informações - foto: Josemar Antunes
Redação
Escrito por Redação

Após a confirmação de quatro detentos mortos, familiares decidiram protestar em frente à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, localizado entre as Avenidas Sete de Setembro e Duque de Caxias, Centro, Zona Sul de Manaus.

Com o rosto o coberto por pano, as mulheres dos presos armaram barricadas na rua e atearam fogo em paus e pedaços de papelão. Por conta disso, o Corpo de Bombeiros foi acionado para extinguir o pequeno foco de incêndio.

Familiares fizeram barricada para protestar por falta de informações – foto: Correio da Amazônia

A manifestação foi motivada por falta de informações sobre as mortes ocorridas durante a madrugada de domingo (8), que teve duração de uma hora e meia. A rebelião foi controlada pelas forças da Polícia Militar (PM).

Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), informou que a rebelião deste domingo (1º), iniciada por volta das 2h, foi uma briga interna por motivo desconhecido. Na ação, quatro presos morreram, sendo três decapitados e um por asfixia, causado pela fumaça durante o incêndio.

As mulheres dos detentos fizeram protesto com os rostos cobertos – foto: Correio da Amazônia

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.