Amazonas Destaques Educação

Fapeam divulga resultado final do Programa Ciência na Escola

Programa Ciência nas Escolas/Foto: Nathalie Brasil
Redação
Escrito por Redação

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), divulgou a relação dos 406 projetos aprovados no âmbito do Programa Ciência na Escola (PCE), através do qual serão investidos R$ 2,8 milhões para apoiar a execução dos projetos de alfabetização científica, com a concessão de bolsas.
Neste ano, foram recebidas 671 propostas, número superior ao recebido em 2015. Além de Manaus, foram apresentadas e aprovadas propostas de professores da rede pública de Ensino de 40 municípios do interior do Estado, demonstrando a ampla inserção do Programa no interior do Amazonas. Em 2016, houve um aumento de 22% no número de municípios que participam do PCE e, desta forma, o Programa está presente em mais da metade dos municípios do Estado.

Nesta edição, dentre as principais mudanças no PCE está a concessão de uma bolsa de estudo adicional aos professores, como auxílio para publicação de artigos com os resultados dos projetos.

Dando continuidade às ações de otimização e modernização dos processos da Fapeam, a implementação das bolsas de estudos do PCE passará a ser realizada 100% online, via SIGFAPEAM, sem a necessidade de envio de documentos impressos.

Potencialidades – Segundo o diretor-presidente da Fapeam, René Levy Aguiar, o PCE busca despertar nos estudantes da educação básica, suas potencialidades a partir da execução dos projetos de pesquisa, bem como oportunizar a alfabetização científica, essencial para o desenvolvimento científico e tecnológico do Amazonas.

“Queremos incentivar, ao longo da educação básica, as potencialidades dos estudantes para que eles tenham a percepção da importância da pesquisa científica e tecnológica para o desenvolvimento econômico e social do Amazonas. Nesta edição, nos ombreamos às instituições de Ensino Superior com sede no interior do Estado para que elas nos auxiliem na condução e avaliação dos projetos do PCE, permitindo, com isso, a interação entre as escolas da rede municipal e estadual de Ensino, a academia e a sociedade”, disse Levy.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.