Amazonas Cidades Destaques

FDN resiste, tenta fuga e rebelião em massa no Compaj

Segurança faz a segurança no Compaj/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Os poucos presos que restaram da facção criminosa Família do Norte (FDN), tentaram sem sucesso  realizar uma rebelião e uma tentativa de fuga do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), localizado no KM 8 da BR 174 (Manaus- Boa Vista).
A rebelião, segundo fonte da Polícia, é uma represália a “Operação La Muralla”, deflagrada  pela Polícia Federal (PF) e Interpol que  prendeu  e mandou para  presídios federais em outros Estados  os lideres da facção criminosa  como os  narcotraficantes  José  Roberto Fernandes Barbosa, o “Zé Roberto da Compensa”  e  Alan César Castimário, o “Nanico”.  A PF e a Interpol  ainda caçam em países vizinhos o traficante João Pinto  Carioca, o “João Branco”, mandante do assassinato do delegado Oscar Cardoso, ocorrido em 2014.

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) emitiu  nota informando que foi  registrou uma tentativa de motim no regime fechado do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). A situação foi rapidamente controlada por homens do Comando de Policiamento Especializado (CPE)  e agentes da Coordenação do Sistema Prisional (Cosipe). A ocorrência foi confirmada às 10h25 da manhã por meio das câmeras do Centro de Operações e Controle (COC), que monitoram as unidades na sede da secretaria.

No momento,  os policiais militares realizam uma revista em todo o complexo para retirar qualquer material ilícito dentro da unidade que possa contribuir em ações futuras. Ao contrário do que foi divulgado por veículos de comunicação,  não houve  fuga.

Segundo informações, a ocorrência foi registrada apenas no Compaj, onde houve a ação de agentes da Seap e o CPE para controlar.

Reforço policial para garantir o controle/Foto: Divulgação

                                          Reforço policial para garantir o controle/Foto: Divulgação

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.