Economia

Feiras de produtos regionais movimentam mais de R$ 53 milhões em Manaus

Feiras movimentam recursos em favor dos produtores regionais/Foto: Roberto Carlos
Feiras movimentam recursos em favor dos produtores regionais/Foto: Roberto Carlos
Redação
Escrito por Redação

As feiras de produtos regionais, gerenciadas pela Agencia de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), com o intuito depara colaborar com o escoamento da produção, já movimentaram mais de R$ 53 milhões em recursos, que contribui diretamente para a economia das famílias de produtores amazonenses.
De acordo com o diretor presidente da ADS, Lissandro Breval, as feiras, presentes em cinco pontos da capital, movimentam cerca de R$ 1 milhão todos os meses. A meta do Governo do Amazonas é dobrar esse valor até o final do ano de 2016, impulsionando os negócios dos produtores rurais.

Feiras movimentam recursos em favor dos produtores regionais/Foto: Roberto Carlos

Feiras movimentam recursos em favor dos produtores regionais/Foto: Roberto Carlos

“Entre janeiro e outubro deste ano, detectamos um crescimento de mais de 30% no movimento das feiras, que se deu pelo aumento da divulgação. Também estamos buscando novos mecanismos de comercialização, como é o caso da nossa parceira com o Shopping Sumaúma, na Cidade Nova. A previsão é ter duas feiras novas também até o final do ano”, explicou o diretor presidente.

Ainda segundo Lissandro, além de serem um dos principais pontos de vendas para os produtores, as feiras da ADS criam um link direto entre agricultores e a iniciativa privada graças ao Balcão de Agronegócios presente em todos os eventos. “Os espaços fazem o papel importante de afastar o produtor do chamado atravessador, que vai à propriedade, mas muitas vezes paga valores muito baixos e ainda os põe de frente com alguns dos maiores empresários do ramo de alimentos. Tudo colabora para o bom negócio”, completou.

O produtor – Mais de 3,5 mil famílias de produtores são beneficiadas com a iniciativa. Em alguns casos, a venda, feita apenas nas feiras, uma vez por semana, chega a garantir renda mensal superior a R$ 2 mil por mês. O agricultor Aloísio Pollmeier participa do projeto desde 2008 e garante que só teve benefícios até hoje.

“Estou nas feiras em todos os finais de semana e o lucro é garantido. Sempre existe público e nós podemos vender nossos produtos com preço justo para nós e para os clientes que compram tudo fresquinho. Às vezes eu colho meus itens à noite só pra garantir tudo bem novinho”, afirmou.

Público – Quase 1,6 milhões de pessoas já passaram pelas feiras da ADS desde o início de suas atividades. Fatores como produtos com preços até 50% mais baixos que em mercados convencionais são alguns dos principais atrativos para o público.

“Está tudo sempre fresquinho e com preço acessível. Eu espero os finais de semana para comprar os produtos da geladeira e sempre acabo economizando muito no orçamento. Em casa, minha economia chega a ser de mais de 60%”, disse a dona de casa Arlete Silva, de 65 anos.

Inaugurada no final de setembro, a feira que funciona no estacionamento do Shopping Sumaúma, no bairro Cidade Nova, zona norte, já acumula bons resultados. Com apenas duas edições, ela já movimentou quase R$ 40 mil e comercializou mais de 18 toneladas de alimentos. A meta é que até o final do ano, a movimentação chegue a R$ 264 mil.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.