Curiosidades

Fenômeno da “Lua azul” ocorrerá nesta sexta feira

Redação
Escrito por Redação

A “lua azul” ou “blue moon” é o nome dado a segunda lua cheia ocorrida em um mesmo mês que ocorre no intervalo de dois anos. Esse ano a Lua Azul ocorrerá nesta sexta feira, dia 31 de julho de 2015 (a primeira lua cheia ocorreu dia 02 de julho).O termo não tem nada a ver com a cor real da Lua, embora uma “lua azul” literal (a Lua aparece com um toque de azul) pode ocorrer em certas condições atmosféricas; por exemplo, quando há erupções vulcânicas (As cinzas do vulcão provocavam a dispersão da luz vermelha, permitindo a passagem apenas dos tons azuis e verdes) ou quando excepcionalmente grandes incêndios deixando partículas na atmosfera. Este fenômeno acontece em calendários específicos. Calendários lunares como o calendário nacional indiano sempre tem uma lua cheia de um mês.

 

Definição

Uma lunação (um ciclo lunar médio) é de 29,53 dias. Há cerca de 365,24 dias em um ano tropical. Portanto, cerca de 12,37 lunações (365,24 dias divididos por 29,53 dias) ocorrem em um ano tropical. No calendário gregoriano amplamente usado, há 12 meses (a palavra é derivada do mês lunar) em um ano, e normalmente há uma lua cheia de cada mês. Cada ano civil contém cerca de 11 dias a mais do que o número de dias em 12 ciclos lunares. Os dias extras acumulam-se, assim a cada dois ou três anos (7 vezes no ciclo metódico de 19 anos), há uma lua cheia extra. A lua adicional cai necessariamente em uma das quatro estações do ano, dando a essa estação quatro luas cheias, em vez das três habituais, e, portanto, uma Lua Azul.

Origem do termo

O termo tem tradicionalmente se refere a uma lua ‘extra’, onde um ano, que normalmente tem 12 luas tem 13. A referência “lua azul” é aplicada à terceira Lua em uma temporada com quatro luas. Isso acontece a cada dois ou três anos (sete vezes no ciclo metódico de 19 anos).

O termo “lua azul” surgiu pela etimologia popular, o “azul” do inglês “blue”, foi, na verdade, um mal entendido. O significado original da segunda lua cheia do mês é “Lua traidora” ou “Belewe /Betrayer Moon” referindo-se a uma lua cheia que “normalmente” (em anos sem um mês intercalado) é a lua cheia da primavera. Então ela se tornaria “traidora” na sentido que as pessoas teriam de continuar o jejum por mais um mês, seguindo a tradição da Quaresma. Por algum motivo e/ou confusão semântica, o termo foi substituído de “Belewe Moon” para “Blue Moon”, Lua azul.

A origem da definição mais difundida atualmente é parte do folclore moderno e tem origem numa interpretação incorreta desta definição anterior que foi publicada na revista Sky and Telescope em 1946 pelo editor James Hugh Pruett. Ele concluiu incorretamente que a definição anterior de lua azul levaria um dos meses a possuir duas luas cheias, o que em geral não é verdade. Desde então esta definição tem sido difundida nos Estados Unidos por livros como o The Kids’ World Almanac of Records and Facts, revistas como a própria Sky and Telescope e programas de rádio sobre astronomia como Star Date e acabou tornando-se dominante.

A próxima Lua Azul ocorrerá em 31 de janeiro de 2018, sucedendo a primeira Lua cheia do ano, que ocorrerá em 02 de janeiro.

(misteriosdouniverso)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.