Mundo

Fidel Castro reaparece em público em reunião de queijeiros

Fidel (E), em reunião com queijeiros/Foto: EFE
Fidel (E), em reunião com queijeiros/Foto: EFE
Redação
Escrito por Redação

O líder da revolução cubana, Fidel Castro, reapareceu ontem, sexta-feira, em público, em uma reunião de mais de quatro horas com professores queijeiros da ilha no Instituto de Pesquisas da Indústria Alimentar, informou neste sábado a imprensa oficial de Cuba.
Esta nova aparição pública de Fidel, a primeira desde abril, aconteceu dois dias depois do anúncio do acordo e da data (20 de julho) para a reabertura das embaixadas e retomada relações diplomáticas entre Cuba e Estados Unidos.

“Na tarde de ontem, sexta-feira, Fidel participou de uma ampla troca de mais de quatro horas, com 19 professores queijeiros que cursam um ciclo de preparação no Instituto de Pesquisas da Indústria Alimentar do Ministério (MINAL), no povoado do Guatao”, assinalou a nota publicada na imprensa oficial, que foi acompanha de fotografias do encontro.

Nessas imagens o ex-presidente de Cuba aparece vestido com uma jaqueta branca esportiva e camisa quadriculada, sentado na cabeceira de uma sala de reuniões e acompanhado de dois funcionários cubanos.

Nesse encontro, Fidel Castro, que completará 89 anos em agosto, expôs sua opinião sobre as consequências da mudança climática e as “frequentes guerras” na área da alimentação.

Na reunião também se debateu a necessidade de recuperar os níveis produtivos e de qualidade da indústria queijeira do país, anteriores ao “Período Especial”, decretado em Cuba nos anos 90 quando com o fim da União Soviética.

“Vários dos participantes de vasta experiência, formados naquela época e que ainda se mantêm em seus trabalhos, discursaram na reunião e explicaram a Fidel as ações realizadas para alcançar paulatinamente aqueles níveis produtivos, mantendo a qualidade necessária”, acrescentou a nota publicada na capa do “Granma” e do “Juventud Rebelde”, principais jornais do país.

Nessa reunião, participaram também a ministra da Indústria Alimentari, María do Carmen Concepción González; integrantes do conselho de direção e do grupo empresarial desse Ministério e os membros do conselho o Instituto de Pesquisas da Indústria Alimentar e seus professores.

A última aparição pública de Fidel Castro, que deixou o poder em 2006 por uma doença, foi em abril, quando visitou uma escola de Havana e se encontrou com membros de uma delegação venezuelana de solidariedade à Cuba.

Em diferentes datas de maio, Fidel recebeu em sua casa em Havana várias personalidades políticas, como o chanceler do Japão, Fumio Kishida; o presidente da França, François Hollande; e o líder sérvio, Tomislav Nikolic.(Terra/EFE)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.