Economia

Fieam reúne investidores da Argentina, Equador e Guatemala em Manaus

Encontro reuniu investidores de três países em Manaus/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

A Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), por intermédio do Centro Internacional de Negócios do Amazonas (CIN-AM), realizou na manhã de hoje, quinta-feira (13), de 08h00 às 18h00 em sua sede, o “Encontro de Negócios Itinerante no Brasil”, que reuniu 14 empresários amazonenses, além de compradores e investidores de três países.
O evento foi realizado em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e é, especificamente, conhecido como “Projeto Comprador”.

Os compradores presentes no Encontro são empresários da Argentina, Guatemala e Equador, que juntos viabilizaram a inserção dos empresários locais no mercado internacional, especificamente os que pertencem ao setor de alimentos e bebidas.

Encontro reuniu investidores de três países em Manaus/Foto: Divulgação

Encontro reuniu investidores de três países em Manaus/Foto: Divulgação

De acordo com o gerente do CIN-AM, Marcelo Lima, o evento atende as demandas dos empresários, que estão em busca de prospectar e futuramente fechar negócios com outros países.

“A maioria dos empresários têm a oportunidade de fazer um contato de conhecimento e prospecção, o que ajuda em decisões futuras e abre as portas do mercado exterior. Outros, já saíram daqui com negócios fechados, como um deles que fechou o pedido de mil e duzentos litros de bebidas”, enfatizou.

Na ocasião, agendas comerciais com compradores estrangeiros foram viabilizadas alcançando o objetivo do evento, que era promover a internacionalização das empresas amazonenses.

Especificamente os compradores presentes no encontro pertenciam a Agroindústria Alimentícia e alguns de seus produtos são: café, açaí, bebidas, chocolates, azeite, licores, doces e outros.

Já os empresários amazonenses que participaram são produtores principalmente de polpas de açaí, licores finos de frutas, aguardente de frutas da Amazônia, canjica, bolo, suco de milho, chocolate com recheio de frutas da Amazônia, geleias, temperos, pimentas e vinho de cupuaçu, polpas de cupuaçu, bolo free glutem, creme de açaí e polpas de frutas.

Para Artur Coimbra, da empresa ‘Na Floresta Alimentos Amazônicos’, que produz chocolates em barra e fermentados de açaí, a oportunidade é grandiosa, porque foca no que o empresariado local precisa.

“O evento atende o que nós precisamos que é vender, quanto mais perspectivas nesse momento de recessão é melhor. É sempre bom ter novos contatos. Nós vamos mandar amostras para o comprador da Argentina e esperamos que ele se interesse e feche negócio conosco. Só temos agradecer ao CIN por estar sempre nos apoiando”, explicou Artur.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.