Amazonas Esportes

Fla e Inter duelam buscando manter vivo sonho de G-4(Atualizada)

Guerrero volta buscando gol/Foto; Gilvan Souza
Guerrero volta buscando gol/Foto; Gilvan Souza
Redação
Escrito por Redação

Flamengo e Internacional fazem campanhas parecidas neste Campeonato Brasileiro, sendo que a principal característica em comum é a irregularidade. A semelhança é tão grande que ambos chegam para o duelo na 31ª rodada com a mesma quantidade de pontos: 44 pontos. E é com o desejo de colocar um fim neste sobe e desce que os dois times se enfrentam neste domingo, às 16h00 (horário de Brasília), no Maracanã.
Importante por natureza por conta da briga de ambos pelo G-4, o duelo ganhou um ingrediente a mais com a vitória do Palmeiras em cima do Avaí, neste sábado. O resultado do rival direto impediu o sonho de ambos de entrar na zona de classificação para a Libertadores nesta rodada. Porém, a missão agora é não deixar o pelotão da frente desgarrar.

O Flamengo perdeu quatro dos último cinco jogos. Apesar disso, o G-4 não descolou até o momento. Por ora, ainda não há esboço de crise com os resultados recentes. Porém, uma derrota pode deixar o time até cinco pontos distante do G-4, o que pode ser mortal nesta reta final de Campeonato Brasileiro. O alento é que Oswaldo de Oliveira terá dois retornos importantes: Guerrero e Jorge.

Após a derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG, na última quarta-feira, o Inter almeja ao menos segurar o Flamengo fora de casa para não deixar o adversário direto desgarrar na disputa pelo G-4 – assim, a equipe se contenta com um empate no Maracanã. Os colorados entendem, porém, que o time pode render mais para alcançar a meta traçada por Argel, de seis vitórias nos últimos oito jogos. A aposta para findar a oscilação na tabela recai sobre o fator D’Alessandro, que retorna aos gramados após mais de um mês em tratamento de uma hérnia de disco.

Apita o jogo o árbitro Héber Roberto Lopes (SC). Ele será auxiliado por Kléber Lúcio Gil (SC) e Bruno Boschilia (PR). A TV Globo transmite para o Rio Grande do Sul (com Paulo Brito, Maurício Saraiva e Márcio Chagas).

As equipes

Flamengo: Oswaldo de OIiveira terá a volta de dois jogadores importantes: Guerrero e Jorge. O peruano está de volta da seleção, e o jovem lateral-esquerdo cumpriu suspensão na última partida. Os retornos serão as únicas alterações no time. Everton volta ao ataque depois de ser improvisado na esquerda. Com o trio ofensivo inteiro à disposição, Paulinho volta para o banco de reservas. O Flamengo deve entrar em campo com Paulo Victor, Pará, Samir, César Martins e Jorge; Márcio Araújo, Canteros e Alan Patrick; Everton, Sheik e Guerrero.

Internacional: Argel terá retornos importantes à equipe: D’Alessandro, recuperado de hérnia de disco, Alisson, de volta da Seleção, e William, que cumpriu suspensão. Anderson deve ficar com a vaga ao lado do argentino meio-campo. O provável time tem: Alisson; William, Paulão, Réver e Ernando; Rodrigo Dourado, Nilton, Anderson e D’Alessandro; Valdívia e Lisandro LópezSão Paulo e

Vasco se enfrentam no Morumbi

Já o São Paulo recebe o Vasco, também, às 16h00, no Morumbi, atrás de uma vitória para entrar no G-4. Com uniforme novo, em homenagem aos 25 anos de Rogério Ceni no clube, o Tricolor precisa vencer para entrar no pelotão de frente, em busca de uma vaga na Taça Libertadores. Será a segunda partida do técnico Doriva.

O Vasco, apesar de invicto há sete jogos, não ganha há duas partidas e se vê ainda cinco pontos atrás do Avaí, primeiro fora do Z-4, restando oito rodadas para o fim do campeonato. O empate no Maracanã com a Chapecoense deixou um clima de abatimento em São Januário. O time vai precisar buscar um resultado positivo fora de casa ainda em meio às polêmicas com a arbitragem. O presidente Eurico Miranda ameaçou “guerra sem quartel” contra a CBF caso o Cruz-Maltino sofra mais com o que classificou como “prejuízos”.

O árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva apita a partida, auxiliado por Alessandro Rocha de Matos e Cleriston Clay Barreto Rios.

São Paulo: o técnico Doriva fez um treinamento “fantasma” na última sexta-feira, sem um time reserva diante dos titulares.  O comandante barrou Hudson, titular na derrota por 2 a 0 para o Fluminense, e deslocou Rodrigo Caio para ser volante. Além disso, usou Luiz Eduardo na defesa. A escalação foi a seguinte: Rogério Ceni, Bruno, Lucão, Luiz Eduardo e Matheus Reis; Rodrigo Caio, Thiago Mendes, Ganso, Rogério e Alexandre Pato; Luis Fabiano.

Vasco: o técnico Jorginho só teve o sábado para preparar a equipe. Mas a tendência é que ele mantenha a formação que iniciou a arrancada do Vasco, contando com as voltas de suspensão de Martín Silva, Madson, Jorge Henrique e Rafael Silva. Três deles devem ser titulares. O time provável tem Martín Silva, Madson, Rodrigo, Luan e Júlio César; Bruno Gallo, Julio dos Santos, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Leandrão.

Ceni mais uma vez será homenageado/Foto: SP

Ceni mais uma vez será homenageado/Foto: SP

Jogos da manhã de hoje:

No Mineirão – Cruzeiro 2 x 0 Fluminense, gols de William; Ponte Preta 3 x 0 Coritiba

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.