Amazonas Esportes

Flamengo enfrenta o Coxa, com estreias de Donatti e Damião

Damião pode estrear contra Coritiba/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

O Flamengo encara, hoje, domingo (31) o Coritiba, às 16h00 (de Brasília), no Couto Pereira, com o objetivo de continuar em ascensão no Campeonato Brasileiro, e na briga pelas primeiras posições. Um trunfo para obter êxito na missão está justamente em jogar fora de casa.
Entre 2002 e 2012, o Rubro-negro sofreu sempre que enfrentou o Alviverde no Alto da Glória. Foram oito derrotas, sendo duas goleadas por 5 a 0. Jogar em Curitiba era um mal sinal. O panorama mudou a partir de 2013.

Nos últimos três jogos pelo Brasileirão no Couto Pereira, o Flamengo conquistou três vitórias e interrompeu uma incômoda freguesia. Em alta na competição e diante de um dono da casa que luta contra as últimas posições, o Rubro-negro só pensa em manter o retrospecto e atingir a sua maior série invicta até o momento no Brasileirão.

São três jogos sem perder, algo já realizado outras três vezes. O Flamengo precisa da vitória e sabe que somar o maior número de pontos até o final do primeiro turno é fundamental na busca pelo objetivo mínimo de terminar com uma vaga na Copa Libertadores de 2017.

O zagueiro Donatti e o atacante Leandro Damião foram relacionados pela primeira vez pelo técnico Zé Ricardo e podem estrear com a camisa rubro-negra. O time deve ser o mesmo dos últimos compromissos.

“Temos ainda três rodadas no turno e mais 19 no returno. São 22 jogos e muita coisa para acontecer. A cada jogo tiramos lições. Com a chegada dos reforços, a tendência é melhorarmos como grupo. O Flamengo tem que pensar grande. Isso é o que trabalhamos no momento”, encerrou Zé Ricardo.

CORITIBA X FLAMENGO

Data/hora: 31/07/2016, às 16h00 (de Brasília)
Local: Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo e Celso Luiz da Silva

Coritiba
Wilson; Ceará, Luccas Claro, Juninho (Nery Bareiro) e Carlinhos; Edinho, João Paulo, Alan Santos e Raphael Veiga; Kleber (Iago) e Kazim.
Técnico: Pachequinho

Flamengo
Alex Muralha; Pará, Rafael Vaz (Donatti), Juan e Chiquinho; Márcio Araújo, Willian Arão, Mancuello e Alan Patrick; Fernandinho e Guerrero.
Técnico: Zé Ricardo

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.