Amazonas Esportes

Flamengo tem jogo complicado contra o Boa Vista, a ´filial´do Vasco

Guerrero, ainda é esperança de gols/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

O Flamengo tem pela frente o jogo mais importante do ano hoje, sábado (09), diante do Boavista, às 16h00, de Brasilia, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). Fora da zona de classificação às finais do Campeonato Carioca, o Rubro-Negro pode ser até mesmo eliminado precocemente da competição caso seja derrotado pelo time que é uma espécie de “filial” do Vasco.
Na equipe de Saquarema há três jogadores que ainda pertencem ao Vasco e estão emprestados: o atacante Leandrão, o meia Guilherme Costa e o volante Jonatas Paulista.

Leandrão, inclusive, balançou a rede rubro-negra quando os times se enfrentaram na primeira fase do estadual, onde empataram em 1 a 1. Na ocasião, o presidente cruzmaltino, Eurico Miranda, vibrou:

“Eu emprestei um centroavante para fazer gol no Flamengo. E vou emprestar outros”, disse, na ocasião, o dirigente, com suas alfinetadas de praxe ao rival.

Sem vencer há seis jogos, o Flamengo entra em campo pressionado. Na semana passada, os jogadores ainda tiveram de conviver com uma invasão de membros de uma organizada no CT Ninho do Urubu, o que aumentou o clima pesado sobre o elenco.

Para a partida, a tendência é a de que o técnico Muricy Ramalho mantenha Emerson Sheik fora da equipe titular, prosseguindo com o esquema 4-4-2, em detrimento do 4-3-3 tão utilizado na temporada.

O lateral esquerdo Jorge, que levou uma pancada involuntária de Pará no rosto durante um treino e chegou a desmaiar e ser hospitalizado, não deverá ser problema.

Além de vencer, o Rubro-Negro precisa torcer por tropeços de Volta Redonda ou Botafogo para retornar ao G4.

Uma eliminação precoce já nesta rodada também não é simples. O Flamengo tem de perder e ver os rivais Volta Redonda e Botafogo vencendo.

FLAMENGO X BOAVISTA
Local: Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)
Hora: 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro
Auxiliares: Jackson Lourenço Massara dos Santos e Diego Luiz Couto Barcelos

Flamengo
Paulo Victor, Rodinei, Wallace, Juan e Chiquinho; Cuéllar, Willian Arão, Mancuello e Alan Patrick (Ederson); Marcelo Cirino e Guerrero
Técnico: Muricy Ramalho

Boavista
Vinícius; Léo Cunha, Victor, Luiz Alberto e Davi; Douglas Pedroso, Júlio César, Romarinho (Guilherme Costa) e Matheus Paraná; Reinaldo e Leandrão
Técnico: Rodrigo Beckham

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.