Amazônia Roraima

Foragido vinha mantendo crianças de RR e AM em cárcere por 20 dias

foragido-seguestra-crianças
Redação
Escrito por Redação

Um foragido da Casa do Albergado sequestrou um menino de 12 anos em Itacoatiara e, no caminho, uma criança Yanomami de 10 anos.

A Divisão de Inteligência e Captura (Dicap) da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) conseguiu localizar em Boa Vista uma criança amazonense, de 12 anos, que havia sido sequestrada em Itacoatiara (AM). O foragido da Casa do Albergado de Roraima Pedro Bacelar Reis, de 44 anos, é acusado de manter a criança em cárcere privado. Ele também é acusado de sequestrar uma criança Yanomami de 10 anos no trajeto do Amazonas até Boa Vista, pela BR-174, mas esta criança não foi localizada por ter conseguido fugir.

Os agentes da Dicap chegaram até o foragido depois que a Polícia Militar recebeu uma ligação da criança amazonense que estava em cárcere privado e sendo vítima constante de abuso sexual. Pedro Reis cumpria pena por crime de dano ao patrimônio e estava foragido desde o dia 1º de fevereiro de 2015. O caso começou a ser descoberto quando a criança aproveitou o descuido do bandido, que havia saído para comprar comida e esquecido o celular na casa.

O garoto percebeu e ligou para o 190, mas teve dificuldade de informar sua localização por não conhecer Boa Vista. A PM passou a procurar o endereço das 18h de domingo (quando recebeu a ligação informando apenas o nome da rua N-25 e o nome completo do acusado), até as 6h de segunda-feira. A partir desse horário, os agentes da Dicap passaram a investigar o caso abordando populares com a foto do suspeito no bairro Sílvio Leite, já que o garoto informou o nome do acusado.

O foragido e a criança foram encontrados por volta das 17h de segunda-feira pelos agentes da Dicap. A criança estava muito nervosa e apavorada com a situação. O garoto disse aos policiais que mora em Itacoatiara e que estava próximo de sua escola quando Reis se aproximou e o atraiu oferecendo um lanche. Ele entrou no carro e o infrator colocou uma faca no pescoço da vítima, levando-a primeiramente para Manaus e depois veio pela BR-174 para Boa Vista.

No meio do caminho, conforme relatou o garoto amazonense, o bandido também sequestrou um garoto Yanomami de 10 anos. Os dois ficaram presos dentro de um quarto de um apartamento no bairro Sílvio Botelho por cerca de 20 dias. O menino Yanomami conseguiu fugir depois de levar uma surra, inclusive de martelo, há cerca de quatro dias, conforme informou uma fonte da Dicap.

Pedro Reis foi autuado por cárcere privado, sequestro e estupro de vulnerável. O caso do garoto indígena passou a ser investigado, mas a Fundação Nacional do Índio (Funai) já teria confirmado a existência dessa criança e que estaria disposta a ajudar na investigação.

O acusado passou por exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML) e depois foi encaminhado para Penitenciária Agrícola do Monte Cristo (Pamc), onde deve permanecer à disposição da Justiça.

(Folha Boa Vista)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.