Mundo

Forças da Colômbia e da Venezuela trocam disparos na fronteira

colombia-x-venezuela
Redação
Escrito por Redação

Integrantes da polícia da Colômbia e do Exército da Venezuela trocaram tiros no sábado (30) à noite num rio na fronteira entre os dois países, quando militares venezuelanos perseguiam um grupo de canoeiros. Segundo a chancelaria colombiana, que divulgou o incidente neste domingo (31), não houve vítimas.

A troca de tiros aconteceu no rio Arauca, em frente à aldeia colombiana de Arauquita, que faz fronteira com o Estado de Apure (região oeste da Venezuela). “Uma patrulha fluvial da Força Armada Nacional Bolivariana perseguiu canoeiros até a margem colombiana do rio Arauca, o que provocou uma troca de disparos com a polícia, que não deixou feridos”, disse o comunicado da chancelaria, conforme a Reuters.

“Desde a noite de ontem [sábado], o governo nacional investiga o caso e já entrou em contato com as autoridades venezuelanas para esclarecer as circunstâncias e adotar as medidas que se fizerem necessárias”, acrescentou a nota do ministério.

Desde agosto, várias passagens ao longo da fronteira de 2.219 km entre os dois países estão fechadas por ordem do governo de Nicolás Maduro –segundo a Venezuela, a intenção é conter o contrabando e a presença de paramilitares colombianos em território venezuelano.

No final de setembro, após uma crise diplomática, Maduro e seu colega colombiano, Juan Manuel Santos, comprometeram-se a normalizar a situação na fronteira, mas as restrições da Venezuela continuam em vigor.

A Colômbia já havia denunciado, depois do fechamento de parte da fronteira, violações de seu espaço aéreo e invasão de seu território por parte de militares venezuelanos.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.