Cidades

FPS-Am visita Ongs em Manaus para acompanhar execução de convênios

Visita à Casa Vhida/Foto: Joel Arthus
Redação
Escrito por Redação
...e ao Instituto Fellipo Smaldone

…e ao Instituto Fellipo Smaldone/Foto: Vitor Souza

O Fundo de Promoção Social (FPS -Am), está realizando, desde o último dia 29 de maio, diversas visitas em organizações não governamentais, com o objetivo de monitorar os convênios realizados por meio de editais lançados e firmar o dialogo entre o Estado e as ONGs. Até o momento, já foram visitadas oito instituições em Manaus e mais oito estão previstas para serem realizadas ao longo deste mês, incluindo entidades do interior do Estado.
“A ideia das visitas é firmar o dialogo e parcerias com instituições dos mais diversos segmentos na cidade de Manaus e no interior”, frisou a presidente de honra do FPS, Vânia Maria Barbosa.

Durante a visita à Associação Philippe Sócias, localizada no Centro, foram monitorados os equipamentos e materiais permanentes para a estruturação de uma cozinha, aquisição feita por meio do convênio 009/2014, no valor de R$ 48.864,04, que beneficiou mais de 300 pessoas. A Associação tem por objetivo promover o processo de resgate social por meio de atividades, serviços e ações de cidadania para homens e mulheres em situação de vulnerabilidade social do Centro.

Outra entidade visitada foi o Abrigo Infantil Monte Salém. Na ocasião da visita, a presidente do FPS verificou a situação dos equipamentos e materiais de uso, do convênio de nº 007 de 2014, no valor de R$ 67.692,13. O abrigo tem objetivo de garantir um ambiente digno e acolhedor, enquanto as crianças estiverem afastadas do convívio familiar. Atualmente, 11 crianças estão no abrigo e contam com a ajuda de profissionais da saúde e assistência social e de voluntários.

No dia 2 de junho, o FPS visitou três instituições. Às 09h00, a Casa Vhida localizada no bairro Dom Pedro, recebeu a equipe de técnicos e advogados para mais uma visita. A instituição, que tem como objetivo melhorar o  atendimento para crianças adolescentes em situação de abrigamento, firmou convênio com o FPS no valor de R$ 76.768,70 para aquisição de brinquedos educativos e equipamentos de mobília.

Às 11h foi a vez do Instituto Rei Davi, que recebeu um veículo tipo Van no valor de R$ 93.817,66, que ajudará no atendimento a comunidade do Nova Esperança. No final da tarde, a Associação Amazonense do campo de Atenção Psicossocial Chico Inácio, no bairro São Geraldo, recebeu com festa a equipe do social. O convênio firmado em 2014, no valor de R$ 89.699,40, ajudou na aquisição de um carro tipo pick-up e na aquisição de equipamentos industriais para as oficinas profissionalizantes de culinária e serigrafia.

No dia 3, foram visitadas mais três instituições. A primeira foi o Abrigo Moacyr Alves, no bairro de Alvorada. Em 2014, por meio de convênio, o Abrigo adquiriu uma Van, sete aparelhos de condicionadores de ar e 24 poltronas para o auditório no valor de R$ 179.567,43.

À tarde, o Clube das Mães do Japiinlândia recebeu a presidente de honra do FPS, Vânia Maria Barbosa, e a secretária executiva adjunta, Clair Pantoja, para comemorar a entrega oficial dos equipamentos de materiais de cozinha, salão e sala de eventos que auxiliará nos cursos ministrados com o apoio do Cetam, na comunidade. As mães receberam com festa, o convênio no valor de R$ 78.952,00.

Pra finalizar a semana, o FPS visitou a Congregação das Irmãs Salesianas dos Sagrados Corações – Filippo Smaldone, no bairro Planalto. O convênio de R$ 64.634,21 ajudou na construção da cobertura de interligação do prédio da escola ao prédio do auditório, melhorando assim, a qualidade escolar das crianças e adolescentes surdos.

FPS apoia campanha da Casa Vhida – A Casa Vhida, associação responsável por apoiar crianças com HIV, está lançando a campanha ‘’Alimentando a Vhida’’ para incentivar a arrecadação de leite para os pacientes. Atualmente, mais de mil crianças se beneficiam semanalmente da doação de leite. Além das crianças que estão em regime de abrigo e pacientes já diagnosticados, o fornecimento de leite aos bebês recém-nascidos expostos ao vírus, filhos de mães portadoras, é uma das prioridades da Associação, visto que a amamentação é contraindicada nesses casos.

Para os bebês expostos, as fórmulas infantis são as que mais se aproximam do leite materno por serem ricas em nutrientes adequados para todas as faixas etárias, no que atendem a necessidade alimentar dos pacientes. Os leites e fórmulas lácteos mais necessários são: Ninho3+, Ninho Integral e Aptamil, Nan (1 e 2)  e Nestogeno (1 e 2).

Os interessados em participar da campanha “Alimentando a Vhida” podem entregar os leites de segunda à sexta, das 08h00 às 17h00, na sede da instituição no bairro Dom Pedro, na rua Pedro Álvares Cabral, 395, conjunto Dom Pedro I, zona centro-oeste de Manaus.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.