Entretenimento

Framboesa de Ouro: conheça os piores filmes de 2016

Redação
Escrito por Redação

Dakota Johnson e Jamie Dornan, grandes vencedores dos Razzies deste ano, pelo filme ’50 Sombras de Grey’
’50 Sombras de Grey’ arrecadou cinco prémios, inclusive o galardão para os piores atores, pior casal e pior guião
Na véspera da entrega dos prémios aos melhores filmes do ano, há outra cerimónia a marcar a atualidade cinematográfica. No entanto, por razões opostas: antes dos Óscares, entregam-se os Razzies, considerados os piores filmes de Hollywood.

Os infelizes vencedores de 2016 foram conhecidos na noite de sábado e o filme 50 Sombras de Grey levou grande parte das distinções: cinco no total, incluindo a ‘framboesa dourada’ (a estatueta entregue neste caso) para pior filme do ano. Na categoria de pior filme, no entanto, empatou com Quarteto Fantástico, que recebeu ainda o Razzie de pior realizador, para Josh Trank, e de pior sequela.

No caso das 50 Sombras de Grey, a longa-metragem arrecadou ainda os prémios de pior ator e pior atriz (para Jamie Dornan e Dakota Jonhson, respetivamente). Juntos, levaram ainda o prémio de pior casal. O filme recebeu ainda o Razzie para o pior guião.

Já o artista “redimido” foi Sylvester Stallone, que é o ator com maior número de nomeações na história dos prémios Razzie. Curiosamente, Stallone está este ano nomeado para os Óscares da Academia, na categoria de melhor ator secundário, pelo filmeCreed: O Legado de Rocky.

Eddie Redmayne, que venceu um Óscar no ano passado, levou nos Razzies o prémio de pior ator secundário, pelo papel emJupiter Ascending, um filme de ficção científica. A pior atriz secundária foi Kaley Cuoco, por Alvim e os Esquilos: A Grande Aventura e The Wedding Ringer (O Amigo do Peito em Portugal).

Os vencedores dos Razzies são escolhidos pelos 900 membros do comité dos Razzies e qualquer pessoa pode votar, desde que pague os 40 dólares de inscrição. As “framboesas douradas” são entregues desde 1980.

(DN)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.