Amazonas Esportes

França despacha Alemanha e decide Euro com Portugal

Franceses comemoram a façanha/Foto: AFP
Franceses comemoram a façanha/Foto: AFP
Redação
Escrito por Redação

Um lance corriqueiro definiria a vaga da França para a final desta Eurocopa, se não fosse a ótima fase do atacante Griezmann, e a boa organização defensiva dos Bleus durante os 90 minutos. Hoje, quinta-feira, em Marselha, pela semifinal da Eurocopa, a seleção anfitriã abriu o placar através de um pênalti controverso, e ampliou porque soube aproveitar as oportunidades. No duelo entre os times favoritos ao título, vitória dos gauleses sobre a Alemanha por 2 a 0 e vaga confirmada na final do torneio, no próximo domingo, contra Portugal, no Stade de France.
A França esboçou uma pressão nos primeiros minutos do clássico. Griezmann fez Neuer salvar a Alemanha com a ponta dos dedos. O público se empolgou, mas a seleção anfitriã foi se deixando levar pelo domínio germânico, esperando apenas os contra-ataques. No melhor deles, elaborado por uma falha adversária, Giroud foi travado por Höwedes na hora do arremate.
Alemanha mostrou o cartão de visitas. A atual campeã do mundo trocou passes, movimentou bem o ataque e passou a concluir muito mais. O goleiro Lloris teve trabalho para manter o placar em branco.

No último minuto da etapa inicial, Schweinsteiger acabou tocando a mão na bola em uma dividida pelo alto com Evra. Rigoroso, o árbitro marcou pênalti convertido por Griezmann. Foi um lance de sorte para uma seleção que não estava bem no jogo.

Desacostumada a ficar atrás no marcador durante a edição atual da Eurocopa, a Alemanha manteve-se fiel ao estilo troca de passes, contudo, encontrou dificuldades para se aproximar do gol adversário. Sem muitas opções por conta de lesões, o técnico Joachim Löw colocou o meia Götze no lugar do volante Can para tornar a equipe ainda mais agressiva.

A seleção francesa mesmo atrás, passou a “gostar” mais do jogo. Em resposta à alteração da Alemanha, Dider Deschamps lançou o volante Kante no lugar do meia Payet. Instantes depois, a situação ficou ainda mais confortável. Kimmich errou feio e perdeu a bola para Pogba, que deixou Mustafi sem pai nem mãe e cruzou. Neuer deu um tapinha na bola. A sobra ficou com Griezmann. E o artilheiro da Eurocopa não perdoou: 2 a 0.

As chances que a Alemanha não criava começaram a aparecer depois do segundo gol adversário. Teve bola na trave, outra que passou raspando, uma defesa milagrosa de Lloris e outros lances perigosos. Mas era tarde. Os franceses já faziam a festa no Vélodrome.

FICHA TÉCNICA

ALEMANHA 0 x 2 FRANÇA

Local: Vélodrome, em Marselha (FRA)
Data e hora: 7 de julho de 2016, às 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Nicola Rizzoli (ITA)
Auxiliares: Elenito Di Liberatore (ITA) e Mauro Tonolini (ITA)
Cartão Amarelo: Evra, Kante (FRA); Schweinsteiger, Draxler, Can, Özil (ALE)
Cartão Vermelho: –
Gols: Griezmann, 45’/1ºT (1-0), Griezmann, 27’/2ºT (2-0)

ALEMANHA: Neuer, Kimmich, Boateng (Mustafi, 15’/2ºT), Höwedes, Hector; Schweinsteiger (Sané, 33’/2ºT), Can (Götze, 20’/2ºT) Kroos, Draxler e Özil; Müller. Técnico: Joachim Löw.

FRANÇA: Lloris, Sagna, Koscielny, Umtiti e Evra; Sissoko, Matuidi, Pogba e Payet (Kante, 25’/2ºT); Griezmann (Cabaye, 45’/2ºT) e Giroud (Gignac, 32’/2ºT). Técnico: Didier Deschamps.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.