Amazonas Política

Frente Única de Juventude é criada para unificar os jovens no Amazonas

Robson Siqueira, Presidente da FUJAm/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

“A juventude está ausente do cenário político. Enquanto os bons se ausentam dos debates políticos, os maus ocupam espaço”, esse foi o tom do discurso do vice-presidente da Comissão de Jovens, Crianças e Adolescentes da Assembleia Legislativa do Amazona, deputado Platiny Soares (PV), no último sábado (20), durante a assembleia geral que aprovou o estatuto e a nova diretoria da Frente Única de Juventude (FUJ).
Criada para unir de forma apartidária os jovens do Amazonas, em uma única bandeira de atuação, a FUJ foi constituída sob o lema “Juventude que ousa lutar constrói poder popular”, e terá atuação em todos os municípios. “Nossa proposta é trazer o jovem para o debate político. Vivemos um período de transformações sociais e de velocidade na transmissão de informação e a juventude, cada dia mais conectada, precisa participar das decisões que moldam o futuro do Brasil”, comentou o presidente da FUJ, Robson Siqueira.

Para Platiny Soares a juventude deve ser protagonista das mudanças que exige dos representantes políticos do país. “Vemos a ausência de renovação política em todos os parlamentos e na esfera executiva. Não podemos protestar apenas por protestar. Criticar a má política não é ser apolítico. Pelo contrário, é preciso participar ativamente e criar uma agenda de atuação social para mostrar aos jovens como eles estão envolvidos nessas demandas”, afirmou Platiny Soares.

Executivo

O mandato da nova diretoria da FUJ será de quatro anos com eleições em 2019. São 20 pessoas ligadas diretamente na estrutura e outras nove na Diretoria Executiva. “A FUJ integra em sua diretoria vários perfis, desde estudantes, assistente social, empresários e profissionais liberais. Tivemos a preocupação de dar pluralidade às participações e representatividades para mostrar que não estamos criando um movimento de tema fechado. Somos feitos de pluralidade”, comentou Wellington Chocolate, diretor da FUJ.

Texto: Assessoria de Imprensa

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.